SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

terça-feira, 14 de março de 2017

MUAY THAY


Significado da palavra MUAY THAI: Arte livre O Muay Thai, o qual também é conhecido como Thai Boxing em alguns países como Estados Unidos e Inglaterra, é muito conhecido no Brasil como Boxe Tailandês e é uma Arte Marcial Tailandêsa com mais de 2.000 anos de idade. A origem do Muay Thai confunde-se com a origem do povo Tailandês. Existem várias versões sobre a origem do Muay Thai. A mais aceita pela maioria dos Mestres de Muay Thai e também por vários historiadores Tailandeses é a seguinte: Segundo os Tailandeses, a origem de seu povo é a província de Yunnam, nas margens do rio Yang Tsé na China Central. Muitas gerações atrás eles migraram da China para o local onde atualmente é à Tailândia em busca de liberdade e de terras férteis para agricultura. Do seu local de origem, a China, até o seu destino, os Tailandeses foram constantemente hostilizados e sofreram muitos ataques de bandidos, de Senhores da Guerra, de animais, e também foram acometidos de muitas doenças. Para protegerem-se e manterem à saúde, eles criaram um método de luta chamado "Chupasart". Este método de luta e auto-defesa fazia uso de diversas armas como por exemplo: espadas, facas, lanças, bastões, escudos, machados, arco e flecha, etc. No treinamento do "Chupasart", freqüentemente ocorriam acidentes que causavam algumas vezes graves ferimentos aos praticantes. Para que eles pudessem treinar sem ferir-se, os tailandeses criaram um método de luta sem armas, o percursor do atual Muay Thai. Assim eles podiam exercitar-se e treinar mesmo em tempos de paz e sem o risco de ferir-se. No início, o Muay Thai era muito parecido com o Kung Fu Chinês. Um fato normal levando-se em conta à origem do povo Tailandês. O antigo Muay Thai utilizava-se de golpes com as palmas das mãos, ataques com as pontas dos dedos, imobilizações e mãos em garras para segurar o oponente. Com o tempo, ele foi modificando-se e transformou-se no estilo de luta que é hoje.

Em muitos períodos da história tailandêsa o Muay Thai foi muito popular entre os tailandeses. Principalmente no perído do Rei Pra Chao Sua ou "Rei Tigre" como era mais conhecido. Ele foi um dos maiores lutadores de Muay Thai da história. Durante o seu reinado o Muay Thai fazia parte da preparação militar e era ensinado em todas as escolas. Outro grande lutador de Muay Thai foi um lutador chamado Nhai Khon Tom. Segundo as lendas ele foi capturado pelos Birmaneses durante um dos inúmeros conflitos entre os Birmaneses e os Tailandeses. Quando capturado, foi-lhe oferecida a liberdade se ele conseguisse derrotar alguns lutadores Birmaneses. O resultado foi que ele foi libertado após vencer seguidamente 12 lutadores Birmaneses. Até por volta de 1920 os lutadores não usavam luvas e nem qualquer outro tipo de proteção. Os lutadores simplesmente usavam tiras de algodão, tiras de cânhamo ou de crina de cavalo enroladas nas mãos. Alguns antigos treinadores falam que em algumas lutas antigas, os lutadores faziam uso de cola e vidro moído nas ataduras. Mas, isso não é totalmente confirmado pela maioria dos historiadores. Algumas vezes também eram utilizadas cascas de cocos como protetor genital. As lutas não eram divididas por pesos e também não existiam intervalos durante as lutas, os lutadores lutavam até que um dos lutadores fosse nocauteado, sofresse uma grave lesão ou até à morte de um deles. Após 1920, algumas regras de boxe inglês foram adaptadas para o Muay Thai devido ao alto grau de lesões que estavam ocorrendo entre os lutadores. Dentre elas as divisões por peso, o uso de luvas, a inclusão dos rounds e também a inclusão do árbitro central juntamente com os juizes laterais. Mas, muitas coisas restaram das antigas lutas, como o uso de um conjunto musical com antigos instrumentos e que serve para dar o ritmo da luta. Conforme a luta está muito amarrada, sem ação, os músicos aumentam o ritmo de sua música para aumentar o ritmo de luta dos lutadores. Este conjunto é formado pelos seguintes instrumentos: três tipos de tambores diferentes, címbalos e flautas de "Java". Outra tradição mantida é o uso do Wai Kru. O qual é uma dança ritual que serve para homenagear o treinador, seus pais, sua escola de Muay Thai, os antigos lutadores de seu ginásio, seus professores na escola, etc. Outra tradição que é mantida no Muay Thai é o uso do "Mongkon" O "Mongkon" é uma faixa a qual é colocada na cabeça dos lutadores para protegê-los antes da luta e que é retirada após o Rammuay. A "Kruang" é uma corda trançada que é colocada em um ou nos dois braços do oponente também com o objetivo de proteção, suas cores estão relacionadas com as preferências de cores do lutador, no Brasil é usado como graduação. A "Kruang" não é retirada após o Rammuay, como o "Mongkon", ela permanece com o lutador por toda a luta. Na Tailândia as academias e ginásios são chamados de "campos". Por isso é muito comum ler-se em livros e revistas de Artes Marciais internacionais citações ao nome de alguns "campos" de Muay Thai. Na verdade, tratam-se de ginásios de Muay Thai.

Na Tailândia a rotina em um ginásio é muito diferente da rotina do ocidente. Os lutadores geralmente começam seu treinamento com a idade de 6 ou 7 anos. Eles quase sempre mudam-se para o ginásio, morando em alojamentos junto com outros lutadores. A parte do treinador é providenciar: comida, roupas, acompanhamento médico, e estudo para o lutador. Em troca disto, o lutador deve simplesmente treinar arduamente e também cuidar da limpeza do ginásio. Mas, o maior compromisso deste lutador é esforçar-se para ser o melhor lutador, um verdadeiro campeão. Quando o lutador vai lutar, geralmente uma vez por mês, ele concorre à um prêmio em dinheiro, este prêmio é dividido entre o lutador e o seu treinador. Sendo que a maior parte do dinheiro vai para o treinador. Na Tailândia também é permitido apostar nas lutas, e o treinador geralmente também aposta em seu próprio lutador, conseguindo assim mais algum dinheiro.

Em toda à Tailândia existem milhares de campos de treinamento, cada campo é dirigido por um treinador principal, que também conta com a ajuda de seus auxiliares e com o gerenciamento de um promotor, o qual promove os lutadores deste campo. Mas, muitas vezes o treinador também é o promotor do ginásio. Em Bangkok existem dois grandes estádios aonde pode-se ver lutas de Muay Thai, eles são o Lumpini e o Rajadamnerm, Cada um deles tem lutas em dias diferentes. Alguns dias por semana, principalmente aos domingos, também passam lutas de Muay Thai pela televisão. Na Holanda precisamente em Amsterdã existem muitas academias de Muay Thai, Onde muitas delas participam do evento K-1, na qual a Holanda é a grande campeã dos titulos deste evento, que hoje é o maior evento do mundo. Na relação de países onde o Muay Thai é mais desenvolvido é mais ou menos à seguinte: Thailandia, Holanda, Austrália, Inglaterra, França, Brasil, Japão, Coréia, Estados Unidos, etc. Significado da palavra MUAY THAI: Arte livre MONGKON: É uma corda trançada em forma de coroa com uma ponta que é usada e colocada na cabeça dos lutadores, na qual pertence ao seu treinador. É retirado pelo treinador antes de se iniciar o combate e simboliza toda a energia, gratidão e dedicação daquela escola com o passar dos anos, ou seja, o Mongkon é o símbolo material da perseverança e honra de seus ancestrais. RAM MUAY: É uma dança E o ri timo musical tocado, um ritual que antecede um combate.

O Muaythai segue a doutrina budista em suas saudações e costumes. Seu ritmo lento cujos movimentos servem de concentração para ambos os lutadores, sendo acompanhado por uma musica típica tailandesa após o WAI KRU (a baixo verá significado), o boxeador ajoelha-se com a face voltada em direção à sua escola, cobre os olhos com as luvas e recita curtas orações (cada escola tem sua forma de apresentação, executando movimentos diferentes). KRUANG ou PRAJIED: É uma corda trançada que é usada em um ou nos dois braços (bíceps) do boxeador. Na qual tem a finalidade de mostrar o nível de graduação do boxeador. Segundo os tailandeses, após benzê-lo e fazer alguns banhos com ervas sagradas, tem a finalidade de proteger o lutador. Na Tailândia o Prajied é usado como proteção e também como graduação no Brasil. WAI KRU: Significa respeito ao professor (Whai Significa respeito e Kru Significa Professor), é um ritual característico do Muay thai, que resume claramente a essência espiritual e cultural dos ancestrais guerreiros tailandeses. O Whai Kru é realizado sempre antes do inicio das lutas e é acompanhado pela musica tradicional tailandesa que possui um ritmo lento e marcado.

FILOSOFIA DO MUAY THAI (SAUDAÇÕES):
A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE MUAI THAI e todos os praticantes no Brasil utilizam o sistema tailandês de saudação, ao entrar e sair do local sagrado de treino, assim como, ao ver o treinador e colegas de treino, o aluno saúda a todos com a expressão Muay Thai , Thai ou Ossi, que significa todo o respeito ao próximo, ao local de treino, alunos, atletas, Instrutores, Professores, Mestres e Grão Mestres. Hierarquia: Desde quando o Muay Thai se iniciou no Brasil no ano de 1979, foi colocada uma graduação somente usada no Brasil, que antigamente era usada em forma de faixa na cintura, a quatorze anos que é utilizado o Kruang (Prajied), uma corda no braço esquerdo do lado do coração com a mesma coloração que foi definida em 1979. No Brasil existe uma hierarquia formada através dos anos de dedicação onde existe cinco tipos de graduação: O aluno se enquadra da graduação branca até azul clara ponta azul escura, quando chega na graduação azul escura se torna um Instrutor que poderá dar aulas com a autorização da CBMT, na seqüência o Instrutor Máster que é da graduação azul escura ponta preta, quando se torna grau preta o atleta é denominado professor, após existem os Mestres e Grão Mestre.

GRADUAÇÃO NO BRASIL: BRANCA BRANCA PONTA VERMELHA VERMELHA VERMELHA PONTA AZUL CLARA AZUL CLARA AZUL CLARA PONTA AZUL ESCURA AZUL ESCURA (INSTRUTOR) AZULESCURA PONTA PRETA (INSTRUTOR MASTER) PRETA (PROFESSOR) PRETA E BRANCA (MESTRE) PRETA BRANCA E VERMELHA (GRÃO MESTRE)
Dia do Muay Thai



Dia 17 de Março é comemorado o dia do Muay Thai, é considerado o dia mundial do esporte, dia do Nai Khanom tom, acontece uma grande reunião de KRU do mundo inteiro na cidade de Ayutthaya para a realização do maior Wai Kru do mundo. É um dia festivo na cidade, com apresentações de Muay Boran, lutas de Muay Thai, aplicações de tatuagens gratuitas ligadas as tradições do Muay, diversos produtos ligados ao muay thai e a cultura tailandesa, no final da noite uma apresentação de arrepiar com elefantes, uma simulação histórica das batalhas e de toda história que envolveu esse Nak Muay. Nai Khanom tom foi um prisioneiro de guerra capturado Pelos Birmaneses quando Ayutthaya (Antiga capital de Sião, atual Tailândia) foi saqueada pela segunda vez no ano de 2310 do calendário budista (1767 D.C.).Em 2317 do calendário budista (1774 D.C.), o Rei Birmanês, Rei Angwa, quis realizar uma comemoração para o Grande Pagoda (Entidade Religiosa) Maior cidade no período, Rangoon. Lutas estavam envolvidas nas comemorações. Bons Nak Muay (lutadores de Muay Thai) foram chamados para lutar contra os lutadores Birmaneses.No dia 17 de março daquele ano, Nai Khanomtom lutou e derrotou 10 lutadores birmaneses sucessivamente sem descanso entre as lutas. Foi a primeira vez que o Muay Thai foi utilizado em uma competição fora da Tailândia.Pelo seu feito, Nai Khanomtom foi homenageado sendo chamado de o Pai do Muay Thai, e o dia 17 de março é agora considerado o Dia Mundial do Muay Thai.


Muay Boran


Muay boran é o Muay Thai antigo, o antecessor da arte marcial conhecida mundialmente pelo nome de muay thai. O muay boran é um antigo estilo de luta tailandesa que deu origem ao muay thai. Registos históricos revelam que a arte tem pelo menos 2000 anos de idade, no entanto acredita-se que esta arte teve a sua origem e evolução conjuntamente com o Reino do Sião (a Tailândia) há alguns milhares de anos atrás. Agora o nome muay boran geralmente vem indicando em verdade uma mistura de elementos característicos de várias técnicas definidas como Estilos Regionais de muay boran (como é exemplo o muay korat, muay luang, muay chaiya etc). Cada nome designa a província onde se originou o estilo. Em suma, hoje em dia o muay boran significa o muay thai antigo. Pode-se considerar que este estilo ficou conhecido mundialmente através do filme Ong Bak, protagonizado pelo tailandês Tony Jaa. Neste filme ele utiliza algumas técnicas de muay boran em combate, para além de técnicas aplicadas Krabi Krabong. No Muay Boran exixte graduação, onde vai do inciante, intermediário, Kru, Mestre, Grão Mestre e Grão Mestre Gold.
Sarama


A música de muay thai, designada de sarama é uma característica única desta arte marcial, sendo tocada antes e durante toda a sessão de combate. Apesar do muay thai ter vindo a sofrer um constante desenvolvimento desde o seu surgimento até à actualidade, a música empregue desde há centenas de anos atrás prevaleceu inalterada até aos dias de hoje. A utilização da flauta e acompanhamento musical de percussão durante o combate, é considerada uma particularidade do muay thai. No espaço de tempo em que decorre a dança é frequentemente utilizado um gravador (cassete, CD) para transmissão da música, no entanto durante o confronto físico tornou-se imprescindível a música ao vivo. Enquanto decorrem os rituais preparatórios para o combate do lutador, o ritmo da música aumenta e diminui, como modo de encorajamento dos lutadores. Mais lenta para o ram muay e wai khru e mais impetuosa no decorrer do combate, esta música é interpretada ao vivo por um grupo de quatro músicos, em que cada um toca um instrumento particular. Estes instrumentos são empregues na realização da música para o muay thai designadamente a Pi Java, um clarinete, o qual é fundamental para a melodia; um par de tambores designado de klog kaak; ching que se trata de pequenos pratos em ferro, bronze ou latão; e outro tipo de tambor originário do sul da Tailândia, denominado de mong kong.


Phuang malai

Também dentro das tradições está presente o phuang malai, uma grinalda de flores que é colocada no pescoço do lutador. O phuang malai é oferecido pelos colegas ao lutador como forma de amuleto e desejo de sorte. Estas flores, normalmente de jasmim, são firmadas entre si, formando uma gargantilha suficientemente grande para que o lutador a possa usar à volta do seu pescoço. Na tradição budista, as flores simbolizam a vida, a morte e a volatilidade da existência. O phuang malai não é oriundo do muay thai, tal como o mongkon e o kruang ruang, este foi incorporado no desporto por influência da cultura tailandesa, no entanto, é frequente o lutador transportar o phuang malai para dentro do ringue, onde é retirado depois das danças cerimoniais e antes do combate.

Mongkon

O mongkon refere-se a uma coroa usada pelos lutadores quando entram no ringue. Este objecto sagrado é tradicionalmente benzido em sete mosteiros budistas, sendo colocado na cabeça do lutador antes do mesmo entrar no ringue de combate e, naturalmente, de serem executados os rituais wai kru e ram muay. O mongkon pertence ao mestre e ao campo de treino do lutador. Todos os atletas de determinado campo utilizam o mesmo mongkon. Este é colocado na cabeça do lutador antes do mesmo se deslocar para o ringue, precedido de uma breve oração, que se acredita que protegerá o lutador de graves lesões, sendo que expulsará os espíritos negativos da área de combate. Por fim, o sagrado objecto é removido do lutador quando este termina uma série de movimentos sequenciais que completam o wai kru e o ram muay. A colocação e remoção do mongkon é executada, geralmente, pelo treinador do ginásio, contudo pode também ser efectuada pelo pai do lutador ou alguém bastante próximo do mesmo. O mongkon é único para cada campo. Este objeto purificado permite que, através da sua posição e formato, seja possível distinguir o respectivo local da Tailândia de onde o atleta é proveniente. No passado, caso a parte de trás do mongkon estivesse apontada para cima, significava que o lutador era originário do norte da Tailândia. Uma vez que a parte de trás estivesse apontada para baixo, então o mesmo pertencia ao sul do país. Adicionalmente, se extremidade posterior estivesse apontada para trás, então o atleta pertencia à zona centro da Tailândia. Outrora, os lutadores estavam deveras interditos de transportar ou colocar em si mesmos este objeto. Contudo, é hoje comum que o mongkon seja já segurado pelos atletas, sobretudo no ocidente. Como peça sagrada, e de acordo com as tradições budistas, o mongkon é sempre guardado acima da cabeça de todos na sua presença e nunca é suposto que o mesmo toque o solo.




Paprachiat/Prajied


O paprachiat também conhecido por prajied ou kruang ruang refere-se a uma corda trançada colocada no braço do Nak Muay. Ao contrário do mongkon este é um objeto pessoal. O amuleto sagrado é oferecido ao lutador antes de este iniciar a sua carreira no campo de treino durante o seu período de formação espiritual que deve ocorrer por um tempo de aproximadamente seis meses num mosteiro. Ao longo da cerimónia final no mosteiro, o amuleto é benzido pelos monges, transformando-se num importante talismã. Ao longo do tempo, e principalmente em regiões fora da Tailândia, estes formalismos foram-se perdendo, no entanto outros ainda se mantém. O kruang ruang é consumado a partir de tecido proveniente de roupas sagradas de um monge, assim como de roupas de um membro da família do lutador. Este pode usar o kruang ruang em apenas um dos braços, evidenciando qual dos seus braços é o mais forte. Porém, alguns estádios exigem que o objecto deva ser utilizado em ambos os braços, como é exemplo o estádio Lumpinee. Tal como no mongkon, acredita-se que o amuleto providência sorte, protegendo o lutador durante o combate.
Culturalmente muitos países utilizam o sistema de graduação nos Kruangs, o Brasil é um deles, desde sua criação em 1979 foi desenvolvida uma graduação para diferenciar os alunos, competidores, instrutores e professores, na época faixa na cintura e anos depois trocado para o Kruang. Diferente da Tailândia onde não existe academias de Muay Thai onde treinam pessoas comuns, somente existem campos de treinos para atletas. No Muay Boram existe sistema de graduação na Tailândia. Desde iniciante até Grão Mestre.


Wai kru

O wai kru também designado de khuen kru refere-se a uma cerimónia que tem como objetivo homenagear o mestre. Todos os anos é feita uma homenagem ao mestre do respetivo campo, a que se denomina yohk kru. Contudo, sempre que os pupilos queiram usar o conhecimento que lhes foi ensinado, começam por mostrar o seu respeito homenageando o seu mestre com uma dança previamente desenvolvida, que antecede o combate. Assim, o wai kru consiste numa primeira parte da dança, durante a qual o lutador percorre o ringue caminhando ao longo do perímetro circunscrito pelas cordas. Este atua com uma pausa em cada um dos cantos, rezando uma pequena oração. O ato de percorrer o ringue apresenta como simbolismo o delimitar o mesmo, conjurando infortúnios e protegendo o lutador durante todo o confronto. Seguidamente, o atleta dirige-se ao centro do ringue, ajoelhando-se voltado para o seu campo de treino. Pausadamente, une as suas luvas em frente da sua face, começando a inclinar-se enquanto reza pequenas orações budistas. Este conjunto de movimentos é repetido por três vezes, prestando homenagem a três entidades divinas. Durante estas preces o lutador dignifica Buda, a Sangha (ordem dos monges) e o Darma (os ensinamentos de Buda). Simultaneamente, o atleta dá graças ao seu mestre, ao seu campo e aos seus antepassados do muay thai. Quanto à etimologia do nome, wai significa "retribuir respeito" enquanto que kru significa "professor"; conjugando, obtém-se acepção de "retribuir respeito ao professor.
Ram muay

Existe um costume aplicado previamente que determina a relação futura entre o aluno e o mestre. O khuen kru ou yohk kru é denominado aquando o instrutor aceita o estudante, assim como quando o estudante aceita o instrutor para treiná-lo. No passado, o aluno era obrigado a servir o seu mestre por um determinado período de tempo antes do treino propriamente dito ter início. Durante este período o mestre observava o aluno assegurando-se a confiabilidade do mesmo, da sua honestidade e capacidade, atributos estes de alguém digno à aprendizagem desta arte. Uma vez correspondidas as expectativas quanto ao desempenho do aluno, o treinador determinaria administrar o khuen kru. Esta cerimónia marca o ponto em que mestre e aluno se aceitam mutuamente para o exercer de uma aprendizagem útil e proveitosa. O estudante passa ao dever de cumprir as regras e regulamentos estatuídos pelo seu mestre. O ram muay era executado no passado como forma de prestar homenagem ao rei que era normalmente um espectador assíduo das grandes competições. Consequentemente, o ram muay tornou-se uma tradição que preserva a arte do muay thai, não permitindo a perda da sua autenticidade. Este rito de passos e gestos cadenciados, é pois a primeira etapa a ser transmitida ao principiante da belicosa arte tailandesa.Subsequentemente ao ritual wai kru, e em movimentos sequenciais, o lutador começa a desenvolver uma lenta série de movimentos estilizados, o ram muay, sendo este executado ao ritmo da música que conduz o lutador em direcção às quatro cordas do ringue em busca de proteção. Cada atleta elabora uma dança própria que se diferencia de qualquer outro.[30] Alguns dos lutadores incorporam movimentos únicos da região de onde são oriundos, enquanto que outros atletas simplesmente acrescentam movimentos próprios. O ritual tem como objetivo manter afastados os espíritos do mal, sendo empregue sempre antes dos confrontos com o propósito de que nenhum mal ocorra para com o lutador e o seu mestre. Em suma, o ram muay tornou-se um entretenimento adicional para o espectador do muay thai e um alongamento que consiste em desenvolver uma série de movimentos previamente estabelecidos ou improvisados dentro do ringue. Esta série ritmada de gestos e de passos serve também como aquecimento antes do início do combate, sendo igualmente uma forma de relaxamento que prepara o competidor física e mentalmente. Os lutadores que apresentam o mesmo estilo de dança são da mesma escola. Existe a crença que a prática do ram muay traz sorte e protege contra acontecimentos funestos. O ram muay é executado de acordo com as instruções e estilo do treinador, variando de região para região e de treinador para treinador. Em todo o treino de muay thai, o ram muay constitui uma parte fundamental da aprendizagem.

Saudação

Depois de completos os rituais wai kru e ram muay, tanto o lutador como o seu mestre realizam uma saudação. Comum entre os praticantes da religião budista, esta saudação é efectuada com as mãos juntas à frente do rosto, seguindo-se uma pequena flexão frontal com a cabeça e tronco , As mãos devem estar posicionadas mais à frente dependendo da importância da pessoa que se cumprimenta. Esta saudação realiza-se em todas as ocasiões de encontro, pronunciando-se as palavras sawadee krap ou kaa kru muay. Por sua vez, aquando a saudação feminina, são proferidas as palavras sawadee kaa como cumprimento feminino.

Estilos de muay thai

Em qualquer academia, os ritos de kru possuem algumas peculiaridades que definem e caracterizam o estilo de luta de cada uma. Estas nuances podem-se evidenciar quando se atenta nas bases e posturas dos lutadores tailandeses. De entre os estilos, devem ser citados:
· Muay Chaiya - Um estilo do sul da Tailândia, criado na cidade de Chaiya da província de Surat Thani.
· Muay Maa Yang - É um estilo subestimado de muay thai original do sul. Apelidado de maa yang vem da expressão jaunts.
· Muay Khorat - Com mais de mil anos, o muay khorat apresenta o nome do lugar de sua origem, em Khorat Rachasima que fica situado na região leste da Tailândia.
· Muay thasao - Da região norte da Tailândia este estilo tem ênfase na velocidade, especialmente pontapés rápidos. Esta variação de muay boran foi apelidada de ling lom(lit. macaco ventoso).

Tattoo, tradições tailandesas

Muitos Nak Muay, fazem tatuagens em si, e sim a crenças religiosas, no caso o Budismo. Diz à lenda que os antigos guerreiros do Camboja cobriam o corpo com tatuagens mágicas, frases, desenhos e símbolos, tudo para ter sorte e saúde e proteção na Guerra.

Na Tailândia é muito comum monges fazerem essas tatuagens dentro dos templos ou Tailandeses. Nas mulheres essa fica um pouco mais complicada já que o monge não pode tocar em uma mulher. As tatuagens de Sal Yant também podem ser feitas em studios de tattoo, existem hoje na Tailândia muitos tatuadores especializados nessa área.

A aplicação é feita com varas longas de bambo ou varas de metal com agulhas na ponta, uma versão mais moderna, seguro e limpa. Cada desenho tem um significado, mas o principal da sak yant é conceder boa sorte e proteção contra maus espíritos.

O monge não pode aceitar dinheiro, somente doações, fica a opção de fazer em studios de tattoo especializados na aplicação da vara longa de bambu ou metal.

Boa sorte.


Traduções
· Aenken - Tronozelo
· Andap - Classificação
· Baak - Boca
· Bat - Desviar
· Chaikrong - Costela flutuante
· Chiang Mai - Cidade do norte da Tailândia
· Choraked Faad Haang - Pontapé circular
· Dadsin - decisões de juiz
· Daihuachai - Zona abaixo do coração, ponto vulnerável
· Dermpan - Apostar
· Faad - Varrimento (golpe)
· Faidaeng - Canto vermelho
· Fainamnem - Árbitro
· Gamagan - Juiz
· Gaandadsin - Calção de muay thai
· Gangkeng Muay - Conquilha (proteção para virilha)
· Grajab - Extremidade superior da cabeça
· Grammonsrisa - Saco de boxe
· Grasawb - Cabeça
· Hua - Coração
· Hook - Gancho
· Jad - Organizar/promover
· Jamook - Nariz
· Kaa - Perna
· Kai (Muay) - Campo (academia/escola)
· Kao - Joelho
· Kao Tone - Joelhada frontal
· Khuen Kru - Cerimonial do novo estudante
· Kruang Ruang - Amuleto do braço (bracelete)
· Kru Muay - Mestre de muay thai
· Kua - direto de direita
· Lang Tao - Peito do pé
· Lop - Esquiva
· Look Kang - Queixo
· Mat - Punho
· Mongkon - Coroa sagrada
· Muay thai - Boxe tailandês
· Nakaeng - Tíbia
· Ram muay - Dança de combate
· Sai - direto de esquerda
· Sok - Cotovelo
· Tae - Pontapé
· Tae Laa - Circular baixo (low kick)
· Tae Lam Tua - Circular médio (ao tronco)
· Tae Kaen Ko - Circular alto (à cabeça)
· Ti Kao - Joelhada
· Tiip - Pontapé frontal
· Ti ok - Cotovelada
· Uppercut - Uppercut (Punho baixo-acima)
· Wai kru - Homenagem ao mestre
· Yaed - Jab
· Yaek - "Break", parar (ordem do árbitro)
· Yok - round (ordem para intervalo)
· Yud - Stop (ordem de final do combate



Golpes em Tailandês

CHUTES


Português

Tailandês

Romanização

IPA


Frontal[nt 4]

เตะตรง

Tei-trong

[tèʔ troŋ]


Circular ao tronco

เตะตัด

Tei-chiyang

[tèʔ tɕʰǐəŋ]


Circular alto

เตะตัด

Tei-kan-kro


Low-kick (Circular baixo)

เตะตัด

Tei-tat

[tèʔ tàt]


Semi-circular

เตะเฉียง

Tei-rid


Circular cima-abaixo

เตะกด

Tei-kot

[tèʔ kòt]


Circular em escada

เขยิบเตะ

Yiep-tei

[tèʔ jìəp]


Circular em salto

กระโดดเตะ

Kra-tote-teii


Lateral

ถีบข้าง 





Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...