SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Art Basel reúne novidades mundiais


São mais de 300 galerias na tradicional feira

The Architect (cena de filme), 2013, de Marc Bauer

A edição suíça de 2013 da tradicional feira Art Basel terá início nesta quinta-feira, 13 de junho. Este ano serão 304 galerias participantes, com trabalhos que abrangem mais de cem anos, desde o início do século passado aos dias atuais. As obras vêm de estabelecimentos de quase 40 países, de cinco continentes. Apesar de a Europa seguir com a maior representação, a mostra conta pela primeira vez com artistas das Filipinas e de Cingapura.

Seguindo as já estabelecidas seções, a feira tem como destaque Galleries, que apresenta os trabalhos mais conceituados. São pinturas, esculturas, desenhos, instalações, fotografias e vídeos, provindos de 238 galerias. Enquanto isso, a Feature traz 24 estabelecimentos cujas obras têm curadoria mais precisa. Já Statements exibe trabalhos solo, oferecendo aos visitantes e colecionadores a oportunidade de conhecer novos artistas e galerias. São 13 novas casas, de um total de 24. Unlimited tem 79 obras de grande porte, que não caberiam dentro dos parâmetros de um estande, e conta com um trabalho da brasileira Lygia Clark. Finalmente, a Parcours conta com uma série de trabalhos site-specific espalhados por Klingental, um dos bairros mais culturalmente diversos de Basel.

Os eventos paralelos terão forte presença na edição de 2013 da Art Basel. A Design Miami/ Basel, marca presença no novo pavilhão projetado pelo escritório de arquitetura Herzog & de Meuron. Além do fórum, que tem como objetivo a coleção e discussão de design, ocorre também um programa de cinco dias de exibição de filmes acerca de temas artísticos, além de uma série de conversas que abordam a arte de uma perspectiva histórica e geográfica. Os participantes incluem artistas, galeristas, historiadores, curadores, diretores de museus, críticos e colecionadores. Com tamanha riqueza de pessoas e eventos, a Art Basel 2013 será, sem dúvida, fonte de inspiração e de novos contatos para os amantes da arte.
Speed Limit, 2013, François Curlet, galeria Air de Paris


Bicho de Bolso, 1966, de Lygia Clark, Alison Jacques Gallery


Famous Deaths from European Literature (performance), 2010, de Pablo Bronstein, galeria Herald Street


Retrato de Joseph Beuys, 1986, de Andy Warhol, Galerie Klüser


Fairytale, 2007, de Ai Weiwei, Galerie Urs Meile, Beijing-Lucerne


Sem título, 1932-1934, de Joan Miró, Helly Nahmad Gallery


Retrato de Marina Abramovic, 1972, de Marina Abramovic, Student Cultural Centre, Belgrado


Memória, 2004, de Sonia Gomes, galeria Mendes Wood

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...