SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

A VIDA É UM ROMANCE




"A vida é um romance, constante, contínuo, é só amor a voar de um lado para o outro, sempre a rodear-nos, a fazer-nos olhar para a direita ou para a esquerda. 
Somos movidos pela paixão, pelas pessoas que nos atraem, pelo que as queremos fazer sentir e pelo que elas nos fazem sentir cá dentro. 

A vida é uma relação amorosa, ou um conjunto delas, melhor dizendo, com maior ou menor intensidade. Tudo o que fazemos, dizemos, escrevemos, acreditamos, defendemos, é por amor. Nada na vida existiria sem amor. Amor pelos outros, pelos amigos, pelas pessoas de quem gostamos no sentido amoroso, pela família, pelas coisas. Se não for por eles, para quê viver? 

Somos seres que precisam uns dos outros para sobreviver. Precisamos das pessoas e sobretudo das relações que estabelecemos com elas. Precisamos do contacto, da compaixão, do carinho. Precisamos de dar e receber, de estar com elas, de experienciar em conjunto, porque isoladamente não somos nada nem ninguém. Precisamos constantemente uns dos outros, e precisamos constantemente de amor, porque a própria vida é amor da cabeça aos pés.

 Há quem diga que somos o que comemos, o que pode estar correto do ponto de vista biológico, mas a verdade é que, psicológica e socialmente, somos quem amamos ao longo da nossa vida. Somos influenciados pelas pessoas que se encontram perto de nós, que nos amam de verdade; aprendemos com elas e autonomizamo-nos, mas ficamos sempre presos a elas, às primeiras experiências, à sua influência. E quem diz que a autonomia não exige também a sua quota-parte de relações e de amor pelos/dos outros (até mais, quem sabe?)?

A vida é um autêntico romance, do início ao fim. E nós não somos mais que seres gregários que precisam de comunicar e de se apaixonar a toda a hora pelas pequenas coisas da vida. Somos seres feitos de paixões, tudo o que fazemos é por amor a algo ou alguém. Não é curioso pensar assim?"

Por Raquel Silva

SINCERAMENTE



Sinceramente, você pode se abrir comigo
Honestamente, eu só quero te dizer
Que eu acertei o pulo quando te encontrei
Eu acertei

Eu sei a palavra que você deseja escutar
Você é o segredo que eu vou desvendar
Você acertou o pulo quando me encontrou
Acertou o pulo quando me encontrou

E então o nosso mundo girou
Você ficou e a noite veio
Nos trazer a escuridão
E aí então
Eu abri meu coração
Por que nada é em vão

Gostei do seu charme e do seu groove
Gostei do jeito como rola com você
Gostei do seu papo e do seu perfume
Gostei do jeito como eu rolo com você

Sinceramente, você pode se abrir comigo
Honestamente, eu só quero te dizer
Que eu acertei o pulo quando te encontrei
Eu acertei o pulo quando te encontrei
E então o nosso mundo girou

Você ficou e a noite veio
Nos trazer a escuridão
E aí então
Eu abri meu coração
Porque nada é em vão

Imagens do furacão Sandy nos E.U.A.







DOWNTOWN FROM BEHIND



Uma câmera, uma bicicleta, o centro de uma grande cidade, uma pessoa pedalando por ele e o olhar de uma fotografa australiana, esse conjunto de coisas fazem esse projeto especial, retratando o contraste da calma e tranquilidade com o caos existente nos grandes centros urbanos. Um conjunto de bela imagens tendo como plano de fundo o Centro de Nova York.

Foto Projeto Downtown From Behind
Quando se fala em centro da cidade o que vem a nossa cabeça é caos, quando se fala de centro da cidade daquela que é o coração do mundo o caos é inimaginável, mas a fotógrafa Bridget Fleming nos faz relaxar com lindas imagens de pessoas de bicicleta no centro de Nova York, são mais de 200 ruas e avenidas abaixo da 14th street. O resultado é um retrato do ambiente de cada rua destacando um conjunto de indivíduos, emergindo e estabelecidos, cada um exclusivamente contribuindo: cultural, social e fisicamente, para fazer esta parte de Nova York que ela é hoje.

Foto Projeto Downtown From Behind
Tudo começou quando a fotografa australiana foi passar umas férias em Nova York, elas e uns amigos filmavam o dia-a-dia entre seus cafés favoritos, bares e livrarias na cidade, a ideia inicial era um projeto em vídeo com a mesma ideia, filmar em cada rua a partir da 14th street. Mas a primeira imagem tirada ainda na Broadway caiu nas graças da fotografa por conta do senso de humor que passava a imagem, a partir daí nasceu o projeto DFB NYC (Downtown From Behind New York City), e também pelo fato da bicicleta passar uma mensagem ambiental, contrastada com o cenário de um grande centro urbano.

Foto Projeto Downtown From Behind
Apesar do clima descontraído e espontâneo as imagens foram planejadas, com exceção de talvez umas 3, a fotografa gosta de conhecer o assunto antes do dia da foto, discutir uma direção, o que seria mais autentico para os modelos, para a rua, algo para se tornar relevante entre outros fatores que ela considera importantes, mas no dia tudo acontece naturalmente, e dependendo do trafego e transito as fotos duram de 20 minutos a 1 hora.

Foto Projeto Downtown From Behind
O Projeto DFB NYC está essencialmente quase completo e ela pretende exportar para outras cidades e outros países. A fotografa fez uma série especial para o Salone Internazionale del Mobile em Milão e no inicio de dezembro estará em Miami, depois na Austrália e no inicio de Janeiro já China.

Foto Projeto Downtown From Behind
Enquanto ela não aterrissa pelo Brasil, nos basta curtir o Tumblr do projeto, com belas imagens e uma breve descrição da foto, que até à data incluem designers industriais, arquitetos, diretores de criação, empresários, hoteleiros, artistas e acadêmicos.

Foto Projeto Downtown From Behind

PENSAMENTO DO DIA




"Não temas, porque Eu sou contigo; não te assombres, porque Eu sou teu Deus; Eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Porque Eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, Eu te ajudo."
Isaías 41:10 e 13


 "Quando pronto a desistir, pensando que cheguei ao fim a Tua mão me sustenta, a Tua voz me orienta, dizendo:
-Não temas, Meu filho, não temas! Eu te levanto, Eu te ajudo, te fortaleço, Meu filho, não temas!
 Levanta, resplandece!" 


 

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

POUSO SEGURO POR SIMONE PRADO



PROCURO UM LUGAR PARA POUSAR,
LONGE DO TURBILHÃO DA CIDADE,
TALVEZ EM ALTO MAR.


PROCURO UM CORAÇÃO SEGURO,
DISTANTE DO OBSCURO,
PERTO DO SOL ARDENTE,
LONGE DE MUITA GENTE.


PROCURO UM CÉU AZUL,
SEM FIM,
PROCURO O AR LEVE,
BEM DENTRO DE MIM.


VOCÊ PARECE SER POUSO,
FAZ-ME SENTIR ASSIM,
ESPERO NÃO TER APENAS MIRAGEM,
E POUSAR EM VOCÊ.
MESMO QUE NO OUTRO DIA,
ACORDE BEM CEDINHO,
ME DESPEÇA COM CARINHO,
ENQUANTO VOCÊ AINDA ADORMECER.
(SIMONE PRADO)

KINTSUGI OU A BELEZA DA IMPERFEIÇÃO


k1.png
Kintsugi é uma técnica japonesa de restauração de cerâmica.
Diz-se que tudo começou com o shogun Ashikaga Yoshimasa que enviou para a China, para que lá fosse consertada, uma peça de cerâmica que havia se quebrado. Mas, quando a peça retornou a reparo era tão feio que ele pediu que artesãos japoneses refizessem tal restauração. Foi então que os artesãos, imbuídos do espírito zen budista de mushin, desapego e aceitação, consertaram a peça utilizando uma mistura de laca e pó de ouro.
Na cultura japonesa, as peças que recebem esta reparação comumente são mais valorizadas que as que estão intactas. Isso por que sua estética trabalha mais com questões como a transitoriedade e a impermanência do que com a beleza propriamente dita.
k2.png
k3.png
Ao invés de se envergonhar pelas “feridas” expostas, eles as embelezam para que sejam uma celebração constante da vida cotidiana. Dos pequenos e grandes erros que cometemos e da possibilidade que temos de aprender com isso.
k4.png
Ao contrário de nós que queremos sempre que as coisas voltem a ser como novas, eles querem mostrar que parte do nosso legado é aquilo que tentamos esconder com mais determinação: as nossas falhas e defeitos.
Imagens via

PENSAMENTO DO DIA

"O SENHOR É O MEU PASTOR, NADA ME FALTARÁ!"
Foto de Milton Ostetto

domingo, 28 de outubro de 2012

Música "ME DEIXA EM PAZ" - Seu Jorge



Se você não me queria
Não devia me procurar
Não devia me iludir
Nem deixar
Eu me apaixonar...(2x)

Evitar essa dor
É impossível
Evitar esse amor
É muito mais
Você arruinou
A minha vida
Me deixa em paz...

Se você não me queria
Não devia me procurar
Não devia me iludir
Nem deixar
Eu me apaixonar...(2x)

Evitar esta dor
É impossível
Evitar esse amor
É muito mais
Você arruinou
A minha vida
Me deixa em paz
Você arruinou
A minha vida
Me deixa em paz...

Me deixa em paz!
Me deixa em paz!
Me deixa em paz!

Aula maravilhosa de desenho com Cristian Tardin no Sistema Educacional Único!

 "Aquilo que sou é o que me faz viver!"















Site exalta a street art parisiense


Mural de Jef Aerosol

Alternative Paris é um site fundado e editado por Demian Smith, jornalista inglês que, depois de ter trabalho com economia, acabou se enveredando para o envolvente mundo dastreet art. Mais tarde, uniram-se a ele a brasileira Maria Fernanda Hinke Schweichler, antes executiva e jornalista de moda, e Lisa Marie Grenier, ilustradora franco-canadense.

Completamente apaixonados, todos se especializaram no tema e, além de escrever sobrestreet art, organizam tours à pé ou de bike pelos bairros mais pitorescos de Paris como Belleville, Oberkampf, Montmartre e Marais em busca de mais uma obra de Fred le Chevalier, Invader ou M. Chat. É assim que o site se propõe a revelar uma cidade que não está nos guias.

Um verdadeiro museu a céu aberto e em constante mutação, a street art não para nunca e é capaz de satisfazer os desejos dos olhos mais curiosos. São novos desenhos, novos formatos, novos artistas, novas cores, novas manifestações - sempre tendo Paris como pano de fundo.

O grupo também organiza workshops de stencil e grafite para aqueles que, além de admirar, querem mesmo é por a mão na massa!
Grafite de artista desconhecido


Grafite de Chanoir


Colagem de Fred Le Chevalier


Stencil de Jana e JS


Grafite de M Chat


Grafite de Philippe Baudelocque


Grafite de Seth


Intervenção urbana de Space Invader

PENSAMENTO DO DIA


sábado, 27 de outubro de 2012

SOB O OLHAR DE DOMINGOS SOUZA "AGRADECER"

 O ferro tira-se da terra, e da pedra se funde o cobre. 
Jó 28:2
 Ele põe fim às trevas, e toda a extremidade ele esquadrinha, a pedra da escuridão e a da sombra da morte. 
Jó 28:3
 Abre um poço de mina longe dos homens, em lugares esquecidos do pé; ficando pendentes longe dos homens, oscilam de um lado para outro. 
Jó 28:4
 Dos rochedos faz sair rios, e o seu olho vê tudo o que há de precioso. 
Jó 28:10
 Porém onde se achará a sabedoria, e onde está o lugar da inteligência? 
Jó 28:12
 O homem não conhece o seu valor, e nem ela se acha na terra dos viventes.
O abismo diz: Não está em mim; e o mar diz: Ela não está comigo.
Não se dará por ela ouro fino, nem se pesará prata em troca dela.
Nem se pode comprar por ouro fino de Ofir, nem pelo precioso ônix, nem pela safira. 
Jó 28:13-16
 Não se fará menção de coral nem de pérolas; porque o valor da sabedoria é melhor que o dos rubis.
Não se lhe igualará o topázio da Etiópia, nem se pode avaliar por ouro puro.
Donde, pois, vem a sabedoria, e onde está o lugar da inteligência? 
Jó 28:18-20
 A perdição e a morte dizem: Ouvimos com os nossos ouvidos a sua fama.
Deus entende o seu caminho, e ele sabe o seu lugar. 
Jó 28:22-23
 Porque ele vê as extremidades da terra; e vê tudo o que há debaixo dos céus. 
Jó 28:24
 Quando deu peso ao vento, e tomou a medida das águas;
Quando prescreveu leis para a chuva e caminho para o relâmpago dos trovões; 
Jó 28:25-26
 Então a viu e relatou; estabeleceu-a, e também a esquadrinhou.
E disse ao homem: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é a inteligência. 
Jó 28:27-28
 Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido. 
Jó 42:2
 Escuta-me, pois, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me ensinarás. 
Jó 42:4
 E o SENHOR virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía. 
Jó 42:10
 E assim abençoou o SENHOR o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. 
Jó 42:12
 Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. 
Salmos 1:3
 Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá. 
Salmos 1:6
 Ensina-me, SENHOR, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos. 
Salmos 27:11
Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do SENHOR na terra dos viventes.
Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR. 
Salmos 27:13-14

TODAS AS FOTOS SÃO TRABALHOS DE DOMINGOS SOUZA.
PARABÉNS!
FICARAM MARAVILHOSAS!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...