SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Alberto Caieiro


"Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do mundo."

O MAR



"Guia dos homens, promotor das civilizações, revelador do Universo, progenitor das ideias que determinam o abraço fraterno a humanidade em todo o mundo, o mais poderoso foco, o mais abundante manancial de vida...
... O MAR!!!"

Florescer por Eloah


Assoma a face
Doce esperança
Canto feito de carinho
Vale ameno,
Barca ao vento toma as asas do sonho
E floresce à vida.


Lindo amiga Eloah!
Não resisti e compartilhei!
Beijos, Aline Carla Rodrigues.

ARTE EM PLANTAÇÕES DE ARROZ


Plantações de arroz viram arte nas mãos de agricultores japoneses.



rice-art-samurai.jpg
É muito improvável que encontremos arte em plantações de arroz, mas não impossível. No japão, alguns agricultores resolveram dar ao seu trabalho um ar mais artístico e transformaram as extensas plantações de arroz em imensas pinturas a céu aberto. Com novas técnicas surgindo a cada ano, os agricultores japoneses estão plantando arroz em diferentes padrões e cores. O resultado é um efeito sensacional, e favorece os mais criativos. Mas a arte dura pouco, somente até a época da colheita.
budha-rice-art.jpg



cool-rice-art.jpg

monk-rice-art.jpg

girl-rice-art.jpg

boy-rice-art.jpg

duck-rice-art.jpg

girl-and-boy-rice-art.jpg

japanese-rice-art.jpg

mona-lisa-rise-art.jpg

napoleon-rice.jpg

rice-art-field.jpg
wave-rice-art.jpg
rice-field-close-up-2.jpg


Leia mais: http://lounge.obviousmag.org/sphere/2012/05/arte-em-plantacoes-de-arroz.html#ixzz1wPC40X2G

Pensamento para o dia


quarta-feira, 30 de maio de 2012

Sondagem do meu coração


Como explicar o que é inexplicável?
A sondagem de meu ser tem superado estatísticas extraordinárias,
meu gráfico é composto  de realidades, sonhos, delírios, lutas
e muito amor.
Minha leitura diante da vida é de superação,
mas hoje em especial sinto um cansaço descomunal.
Uma vontade de ser pássaro e voar, voar, voar
sem parar, contudo existe também limite para o
próprio voo.
Não consigo suportar a dor alheia sem senti-la
em minha face.
Gostaria de ser bem prática,
como a disciplina matemática,
mas escolhi Letras, Artes...
Enfim sou assim!
Aceito-me com dores,
só desabafo com palavras porque o que fica escrito
um dia do coração poderá ser removido.
Não desisto, me assisto e pressinto
que ao amanhecer estarei rindo.
Beijos, Aline Carla Rodrigues.. 

Um pouco de Clarice


Manuel Altolaguirre

Kiss 
Como você estava sozinho dentro!
Quando eu me inclinei para fora a seus lábios,

A rede de túneis de sangue,
Escuro e triste, desabou
Até o fundo da sua alma

.
Quando o meu beijo penetrado,
Seu calor e sua luz
Deu tremores e sustos
Para sua surpresa carne.


A partir de então as estradas
Essa motivação para a sua alma
Você não quer que eles sejam abandonados.

Quantas flechas, peixes, pássaros,

Quantas carícias e beijos!
Manuel Altolaguirre



Via blog Regibt

Escultora,pintora Amélia Toledo A arte como diálogo via revista Metropole


A artista plástica Amélia Toledo, de 84 anos, acredita que uma obra de arte cumpre seu papel quando consegue estabelecer um diálogo com as pessoas que a observam. Seu trabalho “Caleidoscópio”, instalado na Estação Brás desde 1999, faz justamente isso: cria uma relação direta com as milhares de pessoas que passam por ela diariamente.


Ninguém que caminha pela estação consegue ficar indiferente à enorme instalação, que conta com 25 peças de aço de 2 metros de altura por 1,25 metro de largura. Dispostas de maneira a permitir a circulação das pessoas, as placas refletem e distorcem, de forma lúdica, a imagem dos observadores.
As placas possuem diferentes tratamentos. Umas são escovadas, outras são polidas, outras tantas são coloridas, o que cria um jogo cromático interessante para quem se aventura pelo interior do caleidoscópio criado por Amélia Toledo. “O visitante faz um percurso entre o real e o virtual e incorpora-se à obra incluindo sua própria imagem distorcida entre os reflexos”, diz a artista.
Fonte Embaixador Fausto Godoy,cineasta Maria Coel

Peter Carl Fabergé é comemorado por Doodle do Google


Google está comemorando, nesta quarta-feira (30), o 166º aniversário de Peter Carl Fabergé com um belíssimo Doodle. Ele ficou conhecido pela confecção de seus famosos ovos de Páscoa, chamados de Ovos Fabergé.
Google comemora o 166º aniversário de Peter Carl Fabergé (Foto: Reprodução/Google)Google comemora o 166º aniversário de Peter Carl Fabergé (Foto: Reprodução/Google)
Nascido em 30 de maio de 1846 em São Petersburgo, na Rússia, Fabergé foi um dos maiores joalheiros russos. Apesar de toda história ligada a esse ramo, principalmente após assumir os negócios da família em 1882, ele ficou mais conhecido pelo exímio trabalho na confecção dosOvos Fabergé.
Criados para os czares russos, os Ovos Fabergé eram obras-primas do segmento da joalheira. Produzidos com a combinação de materiais como ouro, prata, cobre e platina através da utilização de técnicas de esmaltagem plique-à-jour. Os ovos eram oferecidos na Páscoa aos membros da família imperial e, hoje, são disputados por colecionadores ao redor do mundo.
Via Google e Wikipédia
Fonte:Techtudo

Conheça a arte na coleção de alta bijuteria de Hector Albertazzi.


O designer de alta bijuteria Hector Albertazzi lança sua nova coleção com peças inspiradas em movimentos urbanos como o Art Déco, com formas estruturadas e traços fortes. Os acessórios também remetem a influência feminina de Coco Chanele a tendência Gothic Lolita, popular no Japão.
Para as fotos, a marca selecionou o fotógrafo Renam Christofoletti e a top Carol Ribeiro, que é um exemplo de mulher moderna e sofisticada, como as clientes da marca.

Confira abaixo o making of da coleção:






Fonte: Achados da moda.

Pensamento para o dia


"Aquele que se humilha será exaltado!"

terça-feira, 29 de maio de 2012

1ª SEMANA DE ARTE DA SEEDUC


Foto: Cris Torres

Aprovado projeto cenográfico para receber jovens talentos da rede estadual de ensino do Estado

A comissão organizadora da 1ª Semana de Arte da Seeduc se reuniu, para conhecer a arte final do projeto cenográfico já aprovado pelo secretário Wilson Risolia. O trabalho vai preparar o espaço de 7.000m2,
 no Armazém 4 do Pier Mauá, para receber alunos da rede de todos os municípios do Estado. De 03 a 6 de julho, o evento – inédito na educação do Estado – vai reunir alunos e professores de Arte e mostrar o que vem sendo desenvolvido nas escolas, revelando o trabalho dos educadores e o talento de jovens estudantes.

Sob a direção artística do evento, a participação das escolas – performances, teatro, canto, exposição 
de trabalho, entre outros - está em fase final de agendamento e adequação ao espaço cenográfico.

A realização da 1ª Semana de Arte da Seeduc tem como objetivos oportunizar a descoberta de novos talentos entre alunos e professores, valorizar e divulgar as diferentes linguagens artísticas realizadas nas escolas da rede estadual.
Para mais informações ou sugestões, os professores podem fazer contato com a comissão organizadora do evento pelo e-mail semanarte@educacao.rj.gov.br

A arte de levar a vida com bom humor - Empreguetes clip paródia




Vida de Empreguete


Todo dia acordo cedo,
Moro longe do emprego
Quando volto do serviço quero o meu sofá

Tá sempre cheia a condução
Eu passo pano, encero chão
A outra vê defeito até onde não há

Queria ver madame aqui no meu lugar
Eu ia rir de me acabar
Só vendo a patroinha aqui no meu lugar
Botando a roupa pra quarar

Minha colega quis botar
Aplique no cabelo dela,
Gastou um extra que era da parcela

As filhas da patroa,
A nojenta e a entojada,
Só sabem explorar, não valem nada

Queria ver madame aqui no meu lugar
Eu ia rir de me acabar
Só vendo a cantora aqui no meu lugar
Tirando a mesa do jantar

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto e ver no que vai dar
Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa, vou com meu ficante viajar

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto e ver no que vai dar
Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa, vou com meu ficante viajar

Todo dia acordo cedo,
Moro longe do emprego
Quando volto do serviço quero o meu sofá

Tá sempre cheia a condução
Eu passo pano, encero chão
A outra vê defeito até onde não há

Queria ver madame aqui no meu lugar
Eu ia rir de me acabar
Queria ver madame aqui no meu lugar
Eu ia rir de me acabar

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto e ver no que vai dar
Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa, vou com meu ficante viajar

Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto e ver no que vai dar
Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa, vou com meu ficante viaja

TOP 10: OBRAS DE ARTE FEITAS NA NATUREZA

A intenção não é demarcar o território ou criar uma simples —
 e, muitas vezes, bela — marca na paisagem, mas trabalhar o instinto do próprio terreno e revelar a delicadeza que existe no ambiente externo.
Essa é a ideia por trás do conceito de Land Art, modalidade de criação artística que é feita na natureza, a partir de materiais orgânicos nela encontrados pelos autores.
Selecionamos abaixo dez artistas conhecidos por suas intervenções que vivem do seu, digamos, talento natural.
1. Jim Denevan
Com um simples pedaço de madeira, o artista desenha sozinho enormes padrões geométricos nas areias da praia, na terra e na neve e deixa suas obras à mercê da fúria do mar e do vento.
______________________________________________________________
2. Nils-UdoNo flerte entre utopia e movimento, o bávaro montou um ninho de 80 toneladas com arbustos, pedras, galhos, terra e grama ainda em 1978, na cidade de Lüneburg Heat, na Alemanha.
______________________________________________________________
3. Robert Smithson
Lama, pedras e cristais de sal formam um espiral de 460 m de comprimento e 4,5 m de altura no lago de água salgada de Utah, nos Estados Unidos. Construída em 1970, a intervenção doamericano resiste ao tempo e pode ser vista nos dias de hoje durante o período de baixa da lagoa.
______________________________________________________________
4. Simon Beck
Quando os alpes franceses ficam cobertos de neve, Beck calça seus sapatos para desenhar padrões matemáticos nas montanhas — que, agrupados em uma escala monumental, viram flocos de neves tridimensionais.
______________________________________________________________
5. Walter MassonAs estações inspiram as telas e as formas: no outono, o alemão desenha com as pontas vermelhas das folhas; no inverno, ele reconstrói a neve em novos formatos; e, na primavera, preenche os bosques com arcos de flores.
______________________________________________________________
6. Cornelia Konrads
alemã começou a trabalhar com Land Art em 1998, depois de completar 40 anos. O diploma em cultura e filosofia parece inspirar suas esculturas vivas, que questionam o efêmero com cordas de aço – a obra Moment of Decision foi feita num parque público sueco com neve, corda de aço e linha de pescar.
______________________________________________________________
7. Andrew GoldsworthyO artista e ambientalista britânico cria suas esculturas apenas com materiais do próprio terreno, como este portal feito de galhos secos, que se confunde em meio à profundidade das árvores. A intenção de Goldsworthy é manipular a percepção do rústico e intocável que as pessoas têm da natureza.
______________________________________________________________
8. Andrew Rogers
O escultor montou o maior projeto de Land Art do mundo com a exibição de Rhythms of Life, um projeto com 48 obras de pedra maciça que envolveu mais de 6.700 pessoas em 13 países diferentes. O animal acima, de 80 m de comprimento e 3 m de altura, foi erguido no meio do deserto do Atacama, no Chile, em 2004.
______________________________________________________________
9. Mikael Hansen
Em atividade desde a década de 1980, o dinamarquês monta instalações naturais em várias partes do mundo, como Alemanha, Coreia do Sul, Itália e Japão. Mas as mais famosas estão no seu país, como Organic Highway, que empilha troncos no meio da floresta.
______________________________________________________________
10. Sylvain MeyerO trabalho desta francesa é tão cuidadoso que a intervenção parece brotar junto da árvore —
 as raízes trançadas, feitas com cascas velhas de árvores, projetam leveza e ritmo ao tronco.
Fonte: Casa Vogue.

RESSIGNIFICAR PARA NÃO MORRER DE TÉDIO


"Todo dia  ela faz tudo sempre igual..."
Todo dia,
todo dia.
Bom dia!
Boa tarde, minha senhora,
boa noite, eu lamento...

Ah! Hoje é terça!
Quem disse?
Hoje é único,
para viver e ser vivido com amor
e muita emoção!

Sinta o cheirinho de possibilidades no ar!
Afague o abraço do sol que estonteia o olhar.
Mergulhe nos seres que norteiam  seu caminhar,
e dance com sua existência enquanto há tempo para bailar.

Aline Carla Rodrigues.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...