SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sábado, 14 de julho de 2012

MARCELO MARÃO É O HOMENAGEADO DO ANIMA MUNDI 2012


É só passar o mouse para ver o nome dos filmes.
Peço licença a Dorival Caymmi e me arrisco a dizer: quem não gosta de animação bom sujeito não é. O gênero encanta crianças e adultos, um dos maiores motivos para a consagração do Anima Mundi. A mostra, que nascia há 20 anos bem despretensiosamente, já é a segunda maior da categoria no mundo todo e a partir deste ano vai colocar uma produção brasileira na mira do Oscar. Sabe aqueles jovens bem sucedidos que aos 20 já ganharam uma Copa do Mundo, escreveram um livro super famoso ou estouraram no mundo da música? O Anima Mundi está por aí. Ainda tem muito para crescer, mas já carimbou seu nome na lista de mostras de sucesso. E por falar em lista, aqui segue uma pequena seleção feita a duras penas entre os 448 filmes que desde ontem são exibidos no festival – para animar o fim de semana, porque eu não ia resistir ao trocadilho.
1 – Eu queria ser um monstro: o curta conta o dia-a-dia de um menino que convive com uma bronquite e com o desejo de se transformar em um… monstro. De autoria do homenageado deste ano no Anima Mundi e meu quase conterrâneo (ele é de Nilópolis, na Baixada Fluminense) Marcelo Marão, o filme é uma homenagem ao pai do cineasta e tem um final fofo e bem diferente da estética um tanto bizarra do diretor.
2 – Bon voyage: o filme suíço de Fabio Friedli narra a viagem de uma dúzia de imigrantes amontoados em um caminhão rumo à Europa. Além de enfrentar uma dura viagem, os aventureiros terão de lidar com uma nada animadora realidade onde buscam refúgio.
3 – O guitarrista no telhado: em Porto Alegre, um músico em busca da fama ouve os conselhos de sua vizinha e monta um show no telhado do prédio onde mora, inspirado pelo histórico último concerto dos Beatles ao vivo no terraço da gravadora Apple, em Londres. Bem divertido, o curta vai reavivar as memórias de quem na adolescência sonhou em ter uma banda de sucesso.
4 - Fluffy Mc Cloud: produzido por Conor Finnegan como trabalho final de graduação na irlandesa IADT National Film School, o curta tem como personagem principal uma nuvem que luta para controlar sua raiva e a água que despeja por aí – uma sutil abordagem da relação homem e natureza.
5 – Mentiras são contadas em julho: nascido a partir de uma história em quadrinhos, o curta conta a história de um menino que misteriosamente foi parar em um dos braços do Cristo Redentor. Ninguém sabe como ele chegou até lá, mas todos acompanham ansiosamente seu resgate.
6 – Noodle Fish: um peixe e um universo subaquático feitos de macarrão – muitos quilos de macarrão – são a graça da animação do coreano Kim Ji Man, que aborda o desafio de procurar o segredo do mundo. Se você se derreteu com ‘Procurando Nemo’, vai gostar desta animação fofinha.
7 – Arrugas: tinhamos que ter um longa nesta lista, né? E este aqui é daqueles filmes que encantam. Baseado na HQ de Paco Roca, o filme do também espanhol Ignacio Ferreras narra uma bela história de amizade de um grupo de idosos que vive em uma clínica. É divertido, é triste, é para ver djá.
Dá para curtir o Anima Mundi aqui no Rio até o dia 22 de julho. De 25 a 29 de julho, a mostra ocorre em São Paulo. A programação completa está no site oficial do evento.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...