SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Breve biografia de Caio Fernando de Abreu





Caio Fernando Loureiro de Abreu


Apontado como um dos expoentes de sua geração, a obra de Caio Fernando Abreu, escrita num estilo econômico e bem pessoal, fala de sexo, de medo, de morte e, principalmente, de angustiante solidão. Apresenta uma visão dramática do mundo moderno e é considerado um "fotógrafo da fragmentação contemporânea".






Biografia


Caio Fernando Loureiro de Abreu (Santiago, 12 de setembro de 1948 - Porto Alegre, 25 de fevereiro de 1996).
Jornalista, contista, romancista e dramaturgo.
Muda-se para Porto Alegre, em 1963.
Sua primeira publicação, o conto Príncipe Sapo, ocorre na revista Claudia, em 1966.
No ano seguinte, ingressa no curso de letras e em seguida no de arte dramática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, mas abandona ambos para dedicar-se ao jornalismo.
Transfere-se para São Paulo, em 1968, após ser selecionado, em concurso nacional, para compor a primeira redação da revista Veja.
Dois anos depois, perseguido pela ditadura militar, começa um longo itinerário de mudanças e viagens pelo Brasil e exterior, que tem início com um refugio na chácara da escritora Hilda Hilst (1930 - 2004), em Campinas, São Paulo.
Vai para a França, em 1994, a convite da Maison des Écrivains Étrangers et des Traducteurs, de Saint Nazaire, onde escreve a novela Bien Loin de Marienbad.
Em setembro desse ano, declara publicamente, em sua crônica semanal no jornal O Estado de S. Paulo, ser portador do vírus HIV e volta para Porto Alegre, onde morre em 1996.
Seu livro de contos Morangos Mofados, publicado em 1982 na coleção Cantadas Literárias, da Editora Brasiliense, torna-se sucesso editorial e marco de uma geração.

4 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá! Boa noite!
Parabéns pela bela homenagem ao Caio F. de Abreu.
Gostei muito de sua postagem!
Bom domingo!
beijos carinhosos!

Aline Carla disse...

Olá! Felisberto sou fã de Caio F. de Abreu, suas palavras são a exatidão de seus sentimentos e isto é muito raro em um escritor. Muito obrigada por sua participação! Bom domingo! Beijos.

Nina disse...

Oi Aline...
Adoro ler Caio.. Linda postagem...Adorei ler a biografia...
Nyan nyan
Nina

Aline Carla disse...

Eu também Nina sou fã de Caio! Obrigada pelo seu carinho e participação! Beijos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...