SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Índios - Legião Urbana






Quem me dera ao menos uma vez
Ter de volta todo o ouro que entreguei a quem
Conseguiu me convencer que era prova de amizade
Se alguém levasse embora até o que eu não tinha.
Quem me dera ao menos uma vez
Esquecer que acreditei que era por brincadeira
Que se cortava sempre um pano-de-chão
De linho nobre e pura seda.
Quem me dera ao menos uma vez
Explicar o que ninguém consegue entender
Que o que aconteceu ainda está por vir
E o futuro não é mais como era antigamente.
Quem me dera ao menos uma vez
Provar que quem tem mais do que precisa ter
Quase sempre se convence que não tem o bastante
Fala demais por não ter nada a dizer.
Quem me dera ao menos uma vez
Que o mais simples fosse visto
Como o mais importante
Mas nos deram espelhos e vimos um mundo doente.
Quem me dera ao menos uma vez
Entender como um só Deus ao mesmo tempo é três
E esse mesmo Deus foi morto por vocês
Sua maldade, então, deixaram Deus tão triste.
Eu quis o perigo e até sangrei sozinho
Entenda
Assim pude trazer você de volta pra mim
Quando descobri que é sempre só você
Que me entende do iní­cio ao fim.
E é só você que tem a cura pro meu vício
De insistir nessa saudade que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.
Quem me dera ao menos uma vez
Acreditar por um instante em tudo que existe
E acreditar que o mundo é perfeito
E que todas as pessoas são felizes.
Quem me dera ao menos uma vez
Fazer com que o mundo saiba que seu nome
Está em tudo e mesmo assim
Ninguém lhe diz ao menos, obrigado.
Quem me dera ao menos uma vez
Como a mais bela tribo
Dos mais belos índios
Não ser atacado por ser inocente.
Eu quis o perigo e até sangrei sozinho
Entenda
Assim pude trazer você de volta pra mim
Quando descobri que é sempre só você
Que me entende do início ao fim.
E é só você que tem a cura pro meu vício
De insistir nessa saudade que eu sinto
De tudo que eu ainda não vi.
Nos deram espelhos e vimos um mundo doente
Tentei chorar e não consegui.

Concurso Nikon Small World 2011, premia "a beleza e a complexidade da vida vista pela luz do microscópio".

(Esta é a imagem da língua de uma borboleta)
Imagens revelando detalhes do sistema nervoso de uma mosca de fruta, um floco de neve ou a ponta da língua de uma borboleta são algumas das favoritas do público na competição Nikon Small World 2011.

O concurso que está em sua 371ª edição, premia anualmente "a beleza e a complexidade da vida vista pela luz do microscópio".

Este ano o concurso recebeu imagens de fotógrafos amadores e profissionais, além de cientistas, de várias partes do mundo, inclusive do Brasil.

Nesta quinta-feira (30), duas fotos vindas de São Paulo estão entre as 12 mais votadas pelo público: a que mostra o interior de uma cana-de-açúcar, de Debora Leite, e a imagem de uma cultura tridimensional de células de câncer de mama, do Dr. Jônatas Bussador do Amaral e da Dra. Gláucia Maria Machado Santelli.

Os nomes dos vencedores na categoria de júri popular, assim como nas categorias oficiais serão divulgados no dia 4 de outubro.

Fonte:BBC

A arte dos vestidos "milagrosos" por afinarem a silhueta, mudam completamente seu visual.



Foto: Getty ImagesAmpliar
Kate Winslet foi ao Festival de Veneza usando modelo Stella McCartney
Os truques para ter uma silhueta mais esbelta vão muito além de usar cintas e preto. A modelagem de um vestido pode fazer verdadeiros milagres para a silhueta, assim como os efeitos ópticos obtidos com jogos de cores, recortes e estampas. Que o diga a atriz Kate Winslet, que apareceu no tapete vermelho do Festival de Veneza, no começo do mês, usando um modelo assinado por Stella McCartney. O branco no busto o deixa maior e as laterais e as costas pretas "enxugam" a silhueta.
O mesmo vestido está na capa da revista InStylebritânica de agosto, usado pela cantora Nicole Sherzinger, e custa US$ 1.600. A peça já conquistou outras adeptas, como a cantora Gloria Estefan e a atriz Liv Tyler - que apareceu usando um na cor azul klein.
Não é preciso gastar R$ 3 mil. Peças disponíveis no mercado brasileiro também podem fazer esse "milagre". Além de fazer uma seleção de vestidos que vão te deixar com tudo em cima, o iG Modaperguntou a especialistas o que se deve ter em mente nas compras, para conseguir tal efeito.
Modelagem

Foto: DivulgaçãoAmpliar
Vestido de elástico Gloria Coelho, de R$ 483 por R$ 129 (no bazar), www.gloriacoelho.com.br
“Um vestido que emagrece? Quero usar também!”, brincou o estilista Walter Rodrigues ao saber que celebridades andam desfilando por aí com modelito que define as formas e faz parecer mais magra. Ele explica que existem, sim, truques de modelagem capazes de afinar o corpo. “O traçado do recorte pode criar uma ilusão de ótica. Recorte embaixo do busto, por exemplo, alonga a silhueta. Os bicos pontudos, muito usados em corselet de vestidos de noivas, também servem para alongar o corpo”, diz. A estilista Gloria Coelho recomenda também cortes geométricos, que ajudam a disfarçar os excessos.
Gloria conta que leva em conta essas características em suas criações. "Quando estamos montando nossa coleção, pensamos em várias mulheres. Criamos um modelo elástico (na foto ao lado) que fica mais próximo do corpo há quatro coleções e, desde então, ele não sai mais de nossas coleções. É um sucesso de pedidos! As clientes dizem que se sentem especiais quando usam a peça!"

Foto: Divulgação
Vestido Gizela, Diane Von Furstenberg, R$ 1.600
Um modelo clássico que tem muitas adeptas por conta de "desenhar" o corpo é o vestido-envelope de Diane von Furstenberg (na foto ao lado). "É um coringa, que veste bem a maior parte dos corpos. Em geral, é uma solução ótima, por envolver o corpo e poder ser ajustado e apertado conforme se quiser", diz Marcele Goes, consultora de imagem pessoal e corporativa da Estilo Sob Medida.
Modelos acinturados e com amarrações na cintura também ajudam. "Valorizar a cintura equilibra o corpo", diz Renata Schmulevich, proprietária da Fit, que também se preocupa em deixar o corpo das clientes o mais longilíneo possível. Mas nada de vestidos muito justos, que podem mostrar uma gordura localizada, por exemplo. "A roupa 'emagrece' quando não está justa no corpo, mas simplesmente delineando o corpo. A sensação que dá é de que se está menor dentro dela. O ideal também é não ser muito curto, senão acaba valorizando a coxa, o joelho. Um comprimento melhor seria no meio da coxa."
Lingerie
Walter Rodrigues alerta que o que realmente faz a diferença é a lingerie usada embaixo do vestido. “A gente pode fazer um vestido com barbatana, entretela, mas a estrutura do elastano da lingerie é que vai dar sustentação, é o que melhor comprime o corpo”, explica. Para um bom resultado, Gloria Coelho recomenda o uso de modeladores corporais. Recentemente, ela desenvolveu uma coleção com a Plié de peças para correção corporal, que modelam o corpo e elimina marcas indesejadas.

Cores
Não é só o preto que "emagrece". Marcele Goes explica que os tons escuros sempre contraem visualmente. "Se não estiver 100% segura para escolher uma cor muito vibrante ou muito clara, e ainda estiver na dúvida sobre a modelagem, é melhor escolher uma cor média, que vai funcionar melhor." Ela indica, para isso, as cores com 50% do tom, no meio-termo entre o mais escuro ao mais claro da cartela. Vale usar cinza, rosa e verde, por exemplo.
Outro truque eficiente é usar cores diferentes nos recortes. “Thierry Mugler fazia muito isso, utilizava o preto na lateral e cor na frente, o que leva a enxergar só onde está iluminado”, lembra Walter Rodrigues. Madeleine Vionnet, lembra Walter, deixou a ideia da seta - da modelagem que abre em direção do busto e dos ombros, ou para baixo, sempre como um triângulo, para alongar a silhueta. Detalhes verticais e diagonais também contribuem para deixar o corpo mais longilíneo.
Fontre:IG

Fenômeno óptico toma conta do céu de Brasília - Halo


Um anel colorido se formou ao redor do sol e chamou a atenção da população.

Fatores são o posicionamento do sol combinado com gotículas de água na troposfera.

Ao refletir os raios de sol na água, pode ser visto um arco-íris em volta do sol.

Fenômeno óptico toma conta do céu de Brasília.

Fenômeno pode ser visto ao redor da lua.
Fonte: Estadão.

Rino Mania em São Paulo

 Os rinocerontes estão espalhados por toda cidade de São Paulo.
 A diversidade de cores da artista Alessandra Cavalcanti traz alegria e vivacidade à cidade.

“Exposição Fotográfica Especial? Sim!”, com fotos de Claudia Regina, Flávia Alves, Eduardo Guilhon e Rubens Vieira.

Projeto defende inclusão social de crianças especiais pela fotografia



Quando a norte-americana Heidi Lewis procurou pela primeira vez um profissional para fotografar o filho Taylor, à época com um ano de idade, não imaginava ouvir tantos “nãos”. O motivo: Taylor tinha uma deficiência congênita, considerada pelos fotógrafos um empecilho para uma bela sessão de fotos. A mãe ficou perturbada e, conversando com outras mães de crianças especiais, descobriu que as recusas dos fotógrafos não aconteciam só com ela. Assim, em 2000, ela criou o Special Kids Photography nos Estados Unidos. Nove anos depois, o projeto ganhou um braço no Brasil, pelas lentes de Rubens Vieira.


O objetivo é capacitar profissionais latino-americanos para fotografar crianças com necessidades especiais, a começar pelo Brasil, e combater o preconceito contra crianças e adultos com deficiências por meio das imagens.

Já foram realizados workshops com 17 turmas de fotógrafos, do Recife à Florianópolis, em várias capitais. “O sentimento que eu tive ao saber da história por trás do Special Kids Photography foi muito parecido com o da mãe que teve o direito de ter uma foto do filho negado, mas em menor proporção”, relembra Rubens.



O quê: “Exposição Fotográfica Especial? Sim!”, com fotos de Claudia Regina, Flávia Alves, Eduardo Guilhon e Rubens Vieira
Onde: Galeria Mario Quintana – Estação Mercado da Trensurb, em Porto Alegre, RS
Quando: de 06/10 a 05/11
Horário: das 6h às 23h20, todos os dias

Pensamento para o dia

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Clarice Lispector - O futuro...


"O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.
A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade."



Carlos Magno é repórter por um dia no TRIBARTE, e enviou-nos dez fotos antigas maravilhosas. Vejam!


1. Primeiro computador do mundo:
primeiro computador


2. Um membro racista da Ku Klux Klan sendo socorrido por médicos negros:
medico


3. A morte de Lampião e seu bando:
lampiao


4. Corcovado, antes de ter o Cristo Redentor:
Cristo Redentor


5. Adolf Hitler quando era criança:


6. Atores da Turma do Chaves:
Turma do Chaves


7. John Lennon dando autógrafo a seu assassino:
john lenonn


8. Boletim escolar de Albert Einstein, mostrando que ele era “bom” aluno:
albert


9. Santos Dumont pilotando seu 14 bis:
14 bis


10. Primeira lanchonete do McDonald’s:
Segue uma linda música Carlos para curtir! Grande abraço.


Você não pode perder a peça "Porão da Alma", que acontecerá no dia primeiro de outubro em Itaperuna.

Sob o olhar de Adele Enersen, lustre de primavera! Fácil de fazer e maravilhoso de se ver!


We went to New York too. This is from Central Park.
What a lovely place.
 I loved all the museums and walking around the city. 

And I absolutely fall in love with the Cherry trees.
They gave me an idea...

I bought some water based and non-toxic Tattered Angels Glimmer Mist and lamp shades....

...and this basic "Kronetorp" chandelier.
 I also bought some silk cherry blossom -flowers.

I coloured lamp shades with different colors.
Blue grey as a sky,
pink and darker pink as a cherry blossoms
and light yellow as some buildings and sun.
When they were dry, I took some thin black wire and twisted cherry branches to lamp.
There's also pink silk ribbons tied to loop.

Here it is, piece of New York in Mila's new nursery!
Fonte: Adele Enersen

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...