SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

"Lixo Extraordinário" perde estatueta para "Trabalho Interno", contudo fica em nossa memória o trabalho revolucionário de Vik Muniz.


Muito grávida, Natalie Portman superou Annette Bening ("Minhas Mães e Meu Pai"), mas não esqueceu das concorrentes. "Gostaria que meu prêmio fosse trabalhar ao lado dessas colegas", disse. Agradeceu ao cineasta francês Luc Besson, com quem estreou no cinema, aos 11 anos, em "O Profissional", e aos pais, por terem lhe dado a "oportunidade de trabalhar desde muito nova". Além disso, a atriz israelense reconheceu o trabalho "visionário" do diretor Darren Aronofsky em "O Cisne Negro" e de todos os profissionais que a ajudaram a se preparar para o filme de dança, em especial o noivo, o coreógrafo Benjamin Millipied. "Ele está me dando o papel mais importante da minha vida", declarou, se referindo ao futuro filho.
Representado na cerimônia por uma coprodução com a Grã-Bretanha no documentário "Lixo Extraordinário", o Brasil mais uma vez não levou o Oscar. O filme sobre o trabalho do artista plástico Vik Muniz no aterro sanitário do Jardim Gramacho foi derrotado por "Trabalho Interno", que desvenda os bastidores e causas da crise econômica mundial. O diretor Charles Ferguson comentou no microfone que, "passados três anos dessa fraude gigantesca, ninguém foi para a cadeia".
Fonte:IG

Um comentário:

Paulo Tamburro disse...

OI ALINE,

pretendia fazer um longo comentário, sobre tudo que ví ontem
durante aa entrega do prêmio, porém, o que eu já ouvi falar de "arranjos" e "armações" na distribuição desta estatueta, motivou-me sim, a ficar absolutamente, calado!

Só queria deixar registrado que discordo de 60% das premiações distribuidas.

Fico por aqui.

Um abração carioca, ALINE!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...