SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

"Rogo por um ano novo que jamais fique velho..."



Feliz Ano novo

Quero um Ano Novo em que todas as crianças, ao ligarem a tevê, recebam um banho de Mozart, Pixinguinha e Noel Rosa; aprendam a diferença entre impressionistas e expressionistas; vejam espetáculos que reconstituem a Balaiada, a Confederação do Equador e a Guerra dos Emboabas; e durmam após fazer suas orações.

Desejo um Ano Novo em que, no campo, todos tenham seu pedaço de terra, onde vicejem laranjas e alfaces e voejem bem-te-vis entre vacas leiteiras. Na cidade, um teto sob o qual reluz o fogão de panelas cheias, a sala atapetada por remendos coloridos, a foto colorida do casal exposta em moldura oval sobre o sofá.

Espero um Ano Novo em que as igrejas abram portas ao silêncio do coração, o órgão sussurre o cantar dos anjos, a Bíblia seja repartida como pão. A fé, de mãos dadas com a justiça, faça com que o céu deixe de concentrar o olhar daqueles aos quais é negada a felicidade nesta terra.

Um Feliz Ano Novo com casais ociosos na arte de amar, o lar recendendo a perfume, os filhos contemplando o rosto apaixonado dos pais, a família tão entretida no diálogo que nem se dá conta de que o televisor é um aparelho mudo e cego num canto da sala.

Desejo um Ano Novo em que os sonhos libertários sejam tão fortes que os jovens, com o coração a pulsar ideais, não recorram à química das drogas, não temam o futuro nem se expressem em dialetos ininteligíveis. Sejam, todos eles, viciados em utopia.

Espero um Ano Novo em que cada um de nós evite alfinetar rancores nas dobras do coração e lave as paredes da memória de iras e mágoas; não aposte corrida com o tempo nem marque a velocidade da vida pelos batimentos cardíacos.

Um Ano Novo para saborear a brevidade da existência como se ela fosse perene, em companhia de ourives de encantos, cujos hábeis dedos incrustam na rotina dos dias jóias ternas e eternas.

Quero um Ano Novo em que, a cada um, seja assegurado o direito do emprego, a honra do salário digno, as condições humanas de trabalho, as potencialidades da profissão e a alegria da vocação. Um novo ano capaz de saciar a nossa fome de pão e de beleza.

Rogo por um Ano Novo em que a polícia seja conhecida pelas vidas que protege e não pelos assassinatos que comete; os presos reeducados para a vida social; e que os pobres logrem repor nos olhos da Justiça a tarja da cegueira que lhe imprime isenção.

Um Ano Novo sem políticos mentirosos, autoridades arrogantes, funcionários corruptos, bajuladores de toda espécie. Livre de arroubos infantis, seja a política a multiplicação dos pães sem milagres, dever de uns e direito de todos.

Espero um Ano Novo em que as cidades voltem a ter praças arborizadas; as praças, bancos acolhedores; os bancos, cidadãos entregues ao sadio ócio de contemplar a Natureza, ouvir no silêncio a voz de Deus e festejar com os amigos as minudências da vida – um leque de memórias, um jogo de cartas, o riso aberto por aquele que se destaca como o melhor contador de piadas.

Desejo um Ano Novo em que o líder dos direitos humanos não humilhe a mulher em casa; a professora de cidadania não atire papel no chão; as crianças cedam o lugar aos mais velhos; e a distância entre o público e o privado seja encurtada pela ponte da coerência.

Quero um Ano Novo de livros saboreados como pipoca, o corpo menos entupido de gorduras, a mente livre do estresse, o espírito matriculado num corpo de baile, ao som dos mistérios mais profundos.

Desejo um Ano Novo em que o governo coloque o país nos eixos, livre a população do pesado tributo da degradação social, e tome no colo milhões de crianças precocemente condenadas ao trabalho, sem outra fantasia senão o medo da morte.

Espero um Ano Novo cujo principal evento seja a inauguração do Salão da Pessoa, onde se apresentem alternativas para que nunca mais um ser humano se sinta ameaçado pela miséria ou privado de pão, paz e prazer.


Um Ano Novo em que a competitividade ceda lugar à solidariedade; a acumulação à partilha; a ambição à meditação; a agressão ao respeito; a idolatria ao dinheiro ao espírito das Bem-Aventuranças.


Aspiro a um Ano Novo de pássaros orquestrados pela aurora, rios desnudados pela transparência das águas, pulmões exultantes de ar puro e mesa farta de alimentos despoluídos.


Rogo por um Ano Novo que jamais fique velho, assim como os carvalhos que nos dão sombra, a filosofia dos gregos, a luz do Sol, a sabedoria de Jó, o esplendor das montanhas de Minas, a música gregoriana.Um ano tão novo que traga a impressão de que tudo renasce: o dia, a exuberância do mar, a esperança e nossa capacidade de amar. Exceto o que no passado nos fez menos belos e bons.



(Frei Betto)

Singela homenagem aos meus amigos, primos e blogueiros que acompanham o TRIBARTE.


Estamos terminando juntos mais um ano, foi um ano de muitas realizações, alegrias e tristezas, mas se chegamos até aqui é porque mesmo com todas as dificuldades que a vida nos apresentou fomos capazes de tudo superar e com elas aprendemos muito e principalmente crescemos interiormente.

Mas nós que hoje estamos aqui perante este final de 2010 maravilhoso, deixemos que junto a ele nos despeçamos de todas as nossas tristezas, derrotas, desânimos, dores , lágrimas e tudo aquilo que nos fez sofrer e que fazemos questão de esquecer , pois, ninguém vive do passado.

Vamos sim acreditar que em 2011 será tudo novo e a nossa vida também,tudo será diferente para melhor,muito melhor porque somos nós que dizemos o sim e o não em nossas vidas e são estas duas palavrinhas que escrevem o nosso destino.

Portanto pensemos bem antes de usá-las. Vamos acreditar, vamos ter fé e é claro vamos também fazer por onde para que tudo isso se reverta em muita saúde, paz, felicidade, prosperidade, fraternidade e amor, muito amor.

Para nós, nossos filhos, nossos amigos, nossos familiares e para você também meu amigo.

Que as bênçãos de Deus caiam sobre você e todos os seus familiares.

São os votos do blog TRIBARTE, companheiro de sempre,que te admira muito.

BEN HEINE FANTÁSTICO COMO SUAS OBRAS!












Este artista é fantástico! Se fosse possível realizar retrospectiva em Arte nesta década, com certeza aos olhos do blog TRIBARTE seu nome estaria no topo da lista.

Apreciem seu trabalho e digam-me se não tenho razão.


Saibam um pouco mais sobre sua vida!


É pintor, ilustrador,caricaturista, retratista e fotógrafo.
Ele nasceu em Abidjan, Costa do Marfim, vive e trabalha atualmente em Bruxelas, na Bélgica. Ele estudou artes gráficas e escultura e também tem um diploma em Jornalismo.
Seus muitos anos de exploração gráfica, a experiência artística e sua própria visão do mundo levou-o a este estilo muito singular que você está convidado a descobrir neste blog.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

PARA VOCÊ QUE TOCOU MEU CORAÇÃO!












SABER VIVER

Não sei... Se a vida é curta

Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos

Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.


Muitas vezes basta ser:

Colo que acolhe,
Braço que envolve,

Palavra que conforta,

Silêncio que respeita,

Alegria que contagia,

Lágrima que corre,

Olhar que acaricia,

Desejo que sacia,

Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,

É o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela

Não seja nem curta,

Nem longa demais,

Mas que seja intensa,

Verdadeira, pura... Enquanto durar

Texto de: Cora Coralina

Fonte: http://www.pensador.info

Metas seguidas por uma profissional de sucesso chamada Dalva.


1- Seja ético. A vitória que vale a pena é a que aumenta sua dignidade e reafirma valores profundos. Pisar nos outros para subir desperta o desejo de vingança.
2- Estude sempre e muito. A glória pertence àqueles que têm um trabalho especial para oferecer.
3- Acredite no amor. Não somos feitos para a solidão. Se você está sofrendo por amor, está com a pessoa errada ou amando de forma ruim para você. Caso tenha se separado, curta a dor, mas se abra para outro amor.
4- Seja grato a quem participa das suas conquistas. O verdadeiro campeão sabe que as vitórias são alimentadas pelo trabalho em equipe. Agradecer é a melhor maneira de deixar todos motivados.
5- Eleve suas expectativas. Pessoas com sonhos grandes obtêm energia para crescer. Os perdedores dizem: "Isso não é para nós". Os vencedores pensam em como realizar seu objetivo.
6- Curta muito a sua companhia. Casamento dá certo para quem não é dependente. Aprenda a viver feliz mesmo sem alguém ao lado. Se não tiver com quem ir ao cinema, vá com a pessoa mais fascinante: você!
7- Tenha metas claras. A história da humanidade é cheia de vidas desperdiçadas. Amores que não geram relações enriquecedoras, talentos que não levam a carreiras de sucesso. Ter objetivos evita o desperdício de tempo, energia e dinheiro.
8- Cuide bem do seu corpo. Alimentação, sono e exercícios são fundamentais para uma vida saudável. Seu corpo é o seu templo. Gostar da gente deixa as portas abertas para que os outros gostem também.
9- Declare o seu amor. Cada vez mais devemos exercer nosso direito de buscar o que queremos (sobretudo no amor), mas atenção: elegância e bom senso são fundamentais.
10- Amplie os relacionamentos profissionais. Os amigos são a melhor referência em crises e a melhor fonte de oportunidades na expansão. Ter bons contatos é essencial em momentos decisivos.

Parabéns a Dalva Rodrigues! A querida tia Dalva responsável por inúmeros momentos mágicos em minha vida.







Receitas para Ceia de Ano Novo

4-Arroz com Espinafre

3- Lombo Coberto por Laranjas




2 - Presunto à Virginia1-Salada rica de grãos de bico



Receitas para Ceia de Ano Novo
Segundo as crenças populares, aves não devem ser preparadas na ceia de ano novo, porque ciscam para trás e possuem asas. Sendo assim, fariam a felicidade voar embora. É aconselhável preparar carnes como boi, cordeiro e principalmente porco, animal que fuça e empurra a terra para frente. Peixes como atum, bacalhau e salmão , considerados peixes "destemidos", também são recomendados.


1-Salada Rica de Grãos de Bico

Ingredientes
1/2kg de grãos de bico

1 couve flor

3 cebolas cortadas em fatias

cheiros verdes picados em grande quantidade

2 latas de atum

sal a gosto
molho de pimenta a gosto

2 pés de alface crespa

6 tomates sem sementes picados

vinagre a gosto

azeite a gosto.

Modo de fazer
Lave bem a couve flor, corte em buquês, cozinhe em água e sal, e retire do fogo quando estiver cozida, porém ainda durinha, sem se desmanchar. Reserve.
Cozinhe os grãos de bico em panela de pressão e tire todas as peles (saem facilmente depois de cozidos), esfregando com as mãos. Reserve.
Pique os tomates e as cebolas em fatias, e reserve. Limpe a alface.
Depois, monte o prato utilizando uma grande travessa de inoxidável, monte, no centro, a alface como se ela estivesse inteira. Enfeite com galhos de salsinha.
Misture bem as cebolas em rodelas, os grãos de bico, os tomates e o conteúdo das duas latas de atum. Tempere com cheiro verde picado, o sal e o molho de pimenta, regue com azeite e vinagre. Ponha em volta da alface. Ao redor do prato, os buquês de couve flor, formando uma guirlanda.

2-Presunto à Virginia

Ingredientes
1 presunto de 4 a 5kg
1 copo de água
1 copo de ginger ale açúcar mascavo (o suficiente)cravos da índia
2 latas de abacaxi em calda
200g de manteiga.

Modo de fazer
Com uma faca afiada, retire a pele grossa que envolve o presunto e parte da gordura. Arrume em uma assadeira com a parte mais gordurosa para cima, regue com um copo de água e um copo de ginger ale.
Leve ao forno para assar contando 20 minutos para cada quilo de presunto.
Retire do forno, escorra toda a gordura derretida. Depois, faça vincos fortes com uma faca, formando losangos na parte de cima do presunto.
Cubra tudo com açúcar mascavo (ou melado), aperte bem com as mãos.
Enfie um cravo em cada losango. Salpique por cima um cálice de ginger ale e volte ao forno para dourar. Em seguida, passe para uma travessa e guarneça com as fatias de abacaxi fritas na manteiga.

3-Lombo Coberto por Laranjas

Ingredientes
2kg de lombo de porco

1 cebola ralada,

1 colher (sopa) de manteiga,

1 e 1/2 colher (sopa) de maisena,
1/2 colher (chá) de gengibre em pó,

1 copo de suco de laranja,

1 tablete de caldo de carne.

Modo de fazer:
Coloque o lombo em assadeira com a parte gordurosa para cima e asse durante 1 hora e 30 min, mais ou menos, em forno brando.
Frite a cebola na manteiga até que fique macia. Junte os ingredientes mexendo sempre.
Cozinhe até engrossar um pouco e pincele o lombo com essa mistura, assando-o por mais 1 hora, aproximadamente.
Sirva com fatias de abacaxi e rodelas de laranja.

4-Arroz com Espinafre

Ingredientes
3 tabletes de caldo de galinha,

6 xícaras (chá) de água fervente,
2 xícaras (chá) de arroz lavado e escorrido,

1 maço (só as folhas) de espinafre picado,

2 colheres (sopa) de manteiga,

3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado.

Modo de fazer:
Em uma panela, junte o caldo de galinha dissolvido nas seis xícaras (chá) de água fervente e o arroz. Cozinhe em fogo baixo durante 20 minutos, com a panela parcialmente tampada. Na metade do cozimento, acrescente o espinafre picado, a manteiga e o queijo ralado. Depois de cozido, apague o fogo e deixe descansar 10 minutos com a panela tampada.

Ano novo. Cores novas?



Ano Novo, Cores Novas

Todo fim de ano é a mesma preocupação. Afinal que cor eu uso?

Azul, para proteção e tranquilidade. Amarelo, prosperidade. Rosa, para o amor. Ou devo ser mais agressiva, um vermelho fatal talvez?!!
As festas de fim de ano chegaram, tão rápido que aquela roupa usada no Reveillon passado, que foi super planejada, nos parece sempre familiar, pois é a mesma coisa todo ano, o tal do branco.

E se a roupa não era branca, pelo menos, nas peças intimas, com certeza, eram.

O medo de descordar do que já é convencional e se dar mal é muito grande.

Às vezes crenças, que você nem sabe de onde vem, dirigem a nossas vidas.
As pessoas valorizam a passagem do ano, pois depositam nela todos os seus sentimentos e o desejo de renovação. Comunidades antigas expressavam isso através de ritos, pois jogavam fora roupas e objetos, querendo eliminar de suas vidas tudo que estivesse envelhecido, e se banhavam em rios ou mar para acolher boas vibrações e renovar as energias. Daí, talvez venham algumas dessas crenças.
No Brasil, usar roupas brancas no Reveillon se tornou quase que uma obrigatoriedade, e essa mania surgiu de superstições das religiões africanas.
Fazemos planos para o futuro, pensamos e planejamos com cuidado, incluindo como nos comportaremos, e nos vestimos, aí a moda vai e vem, e muda conforme nossas necessidades.
Pelo fato de morarmos num país tropical, onde o sol reina a maior parte do ano e justo nestas datas isso nos faz querer usar roupas leves com cores alegres.
Quando vestimos uma cor para passar o Reveillon devemos escolher cores que representem o que queremos para o Ano Novo, os nossos anseios e nossas necessidades. O que você busca? Qual é a cor que a sua alma está pedindo? Veja se estas cores podem te ajudar.
Relação de cores e seus significados


Branco
Sugere pureza, ordem, simplicidade, harmonia. É expressiva, estimula os sentidos, realça o bronzeado, mas em excesso promove o cansaço e a depressão. Cuidado com tecidos transparentes para não se tornar vulgar.


Preto
É uma cor sóbria, indica o silêncio. Quando brilhante, sugere nobreza, distinção e elegância,

Pode ser combinada com várias cores, cria também a ilusão de estarmos mais magras, mas deve ser evitada no verão.


Cinza
Como as cores expressam o estado de nossa alma, o cinza revela que estamos com incertezas ou neutra. É o próprio símbolo da indecisão e da ausência de energia. Quanto mais sóbrio mais se está desanimada e na monotonia.


Vermelho
Significa força, dinamismo. Funciona como estimulante, tem ação poderosa sobre o estado de ânimo. É uma cor quente devendo ser usado com cautela, pois é uma cor enervante. Transborda vida e agitação. Esta cor tem a tendência de dar a impressão de engordar a pessoa que usa, por isso, evite usar uma roupa inteira vermelha.


Laranja
Sua função é estimular e nos alegrar. É uma cor contagiante e quente, transborda irradiação e expansão, é acolhedora, mas cuidado para não carregar demais. Usar em estampas de camisas ou em peças menores.


Amarelo
Ela age direto no nosso sistema nervoso central, é muito luminosa, vibrante e forte. Atrai a atenção com facilidade. Estimula a ação, o encorajamento e as realizações. Em roupas, usar em pequenas peças ou que tenham estampas. O amarelo aumenta o calor.


Verde
Cor universal da natureza. Tem efeito calmante, relaxante, tem frescor, harmonia equilíbrio. Pode ser combinado com alguns tons como marrom terra e preto.


Azul
Efeito calmante e repousante. Cor profunda. Preferida por adultos pois traz uma certa maturidade. Azul na roupa fica ótimo quando usado tom sobre tom. No tom claro ou com branco provoca sensação de frescura e higiene. Quando escuro chama para o infinito.


Roxo
Equivalente a um pensamento místico, ao mistério. Remete à nobreza e ao poder.


Marrom
Emana a impressão de algo denso. Sugere segurança e solidez. É indicado para ser usado em compromissos de trabalho onde se queira passar segurança e confiança para outras pessoas.


Rosa
É uma cor delicada, sugere feminilidade e afeição. É a cor dos românticos e sonhadores.


Fonte: www.consciencia.net

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Viva o Ano Novo!







Neste momento em que as incertezas de um novo ano se apresentam, lembre-se que você possui três armas muito poderosas para enfrentá-las: a fé, a esperança e o amor! Eu quero desafiá-lo a permitir que a fé o inspire, que a esperança o ajude a crer em novas oportunidades e que o amor sirva como princípio básico para guiar a sua vida.




Você precisa ver a vida com a perspectiva da fé!




Isto é essencial para viver uma vida realizada. Precisamos ser visionários que podem ver através do olhos da fé o que outros consideram impossível. Isto tudo é uma questão de perspectiva. Deus deseja tocar os nossos olhos para que as escamas da incredulidade caiam e possamos vislumbrar no céu as novas possibilidades.
Você conhece o pequeno poema que diz:
Dois homens olharam para fora das grades da prisão.



Ali pensando na vida puseram-se a observar.



Um deles viu apenas lama e escuridão o outro olhou para o céu e viu as estrelas a brilhar!
Você precisa tirar os seus olhos da "lama e da escuridão" para colocá-los no "céu e nas estrelas a brilhar"? Peça fé a Deus e comece a ver a vida como Deus a vê.
Você precisa experimentar a cura que a esperança traz!




Quando parecer que tudo está perdido e o desespero começar a se instalar - espere ouvir aquela voz que no meio da tempestade diz "Coragem, sou eu! Não tenham medo!" e assim acalma os ventos e as ondas. Você já ouviu esta voz no meio das tormentas da vida? Deus deseja colocar esperança na sua existência para que você possa intervir na realidade da vida do seu próximo levando a esperança de uma vida melhor.
Você anunciará libertação para os cativos, vista para os cegos, liberdade para o explorado e boas novas para os pobres?
Peça a Deus para curar a sua alma das feridas da desilusão com pessoas, das circunstâncias adversas e dos sonhos transformados em pesadelo. Ouse esperar que Deus não apenas cure a sua alma mas o ajude a levar esperança para os que estão ao seu redor.
Você precisa experimentar a nova vida que brota do amor!
Pegue o amor e aplique às feridas da sua família, amigos e inimigos. Caminhe como Jesus caminhou - vestindo quem não tem roupa, alimentando o faminto, ajudando o enfermo, oferecendo um copo de água fria para o sedento. Deixe o amor ser a razão maior da sua existência - o padrão que você usa para, no segredo do seu coração, avaliar e examinar cada pensamento, cada ação, cada plano, cada alvo e cada passo que você der. O verdadeiro amor é muito mais do que um sentimento que dá calafrios ou nos faz chorar com emoção.
Deixe-me sugerir que você examine o seu coração e garanta que você e Deus estão conversando com intimidade.
Tenha 365 dias de fé, esperança e amor de Deus na sua vida!
Fonte: www.ibb.org.br

Origem e curiosidades sobre o ano novo.








Ano Novo




Origem e Curiosidades sobre o Ano Novo
Você sabia que o ano-novo se consolidou na maioria dos países há 500 anos? Desde os calendários babilônicos (2.800 a.C.) até o calendário gregoriano, o réveillon mudou muitas vezes de data.
A primeira comemoração, chamada de "Festival de ano-novo" ocorreu na Mesopotâmia por volta de 2.000 a. C. Na Babilônia, a festa começava na ocasião da lua nova indicando o equinócio da primavera, ou seja, um dos momentos em que o Sol se aproxima da linha do Equador onde os dias e noites tem a mesma duração.
No calendário atual, isto ocorre em meados de março (mais precisamente em 19 de março, data que os espiritualistas comemoram o ano-novo esotérico).
Os assírios, persas, fenícios e egípcios comemoravam o ano-novo no mês de setembro (dia 23). Já os gregos, celebravam o início de um novo ciclo entre os dias 21 ou 22 do mês de dezembro.
Os romanos foram os primeiros a estabelecerem um dia no calendário para a comemoração desta grande festa (753 a.C. - 476 d.C.) O ano começava em 1º de março, mas foi trocado em 153 a. C. para 1º de janeiro e mantido no calendário juliano, adotado em 46 a. C. Em 1582 a Igreja consolidou a comemoração, quando adotou o calendário gregoriano.
Alguns povos e países comemoram em datas diferentes. Ainda hoje, na China, a festa da passagem do ano começa em fins de janeiro ou princípio de fevereiro. Durante os festejos, os chineses realizam desfiles e shows pirotécnicos. No Japão, o ano-novo é comemorado do dia 1º de janeiro ao dia 3 de janeiro.
A comunidade judaica tem um calendário próprio e sua festa de ano-novo ou Rosh Hashaná, - "A festa das trombetas" -, dura dois dias do mês Tishrê, que ocorre em meados de setembro ao início de outubro do calendário gregoriano. Para os islâmicos, o ano-novo é celebrado em meados de maio, marcando um novo início. A contagem corresponde ao aniversário da Hégira (em árabe, emigração), cujo Ano Zero corresponde ao nosso ano de 622, pois nesta ocasião, o profeta Maomé, deixou a cidade de Meca estabelecendo-se em Medina.
Contagem decrescente os últimos minutos do dia 31 de Dezembro seja: 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1. Feliz 2011!!!!!! A passagem de Ano Novo é o fim de um ciclo, início de outro. É um momento sempre cheio de promessas. E os rituais alimentam os nossos sonhos e dão vida às nossas celebrações.



Na passagem de Ano Novo, não podemos deixar de aproveitar a oportunidade para enchermos o coração de esperança e começar tudo de novo. E para que a festa corra muito bem, há algumas tradições e rituais que não podemos esquecer...
Fogos e barulho. No mundo inteiro o Ano Novo começa entre fogos de artifício, buzinadas, apitos e gritos de alegria. A tradição é muito antiga e, dizem, serve para espantar os maus espíritos. As pessoas reúnem-se para celebrar a festa com muitos abraços.
Roupa nova. Vestir uma peça de roupa que nunca tenha sido usada combina com o espírito de renovação do Ano Novo. O costume é universal e aparece em várias versões, como trocar os lençóis da cama e usar uma roupa de baixo nova.



Origem do Ano Novo
As comemorações de Ano Novo variam de cultura a cultura, mas universalmente a entrada do ano é festejada mesmo em diferentes datas.
O nosso calendário é originário dos romanos com a contagem dos dias, meses e anos. Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado em 25 de Março, data que marcava a chegada da primavera.
As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de Abril. O Papa Gregório XIII instituiu o 1º de Janeiro como o primeiro dia do ano, mas alguns franceses resistiram à mudança e quiseram manter a tradição. Só que as pessoas passaram a pregar partidas e ridicularizar os conservadores, enviando presentes estranhos e convites para festas que não existiam. Assim, nasceu o Dia da Mentira, que é a falsa comemoração do Ano Novo.



Tradições de Ano Novo no mundo



Itália
O ano novo é a mais pagã das festas, sendo recebido com Fogos de artifícios, que deixam todas as pessoas acordadas. Dizem que os que dormem na virada do ano dormirão todo o ano e na noite de São Silvestre, santo cuja festa coincide com o último dia do ano. Em várias partes do país, dois pratos são considerados essenciais. O pé de porco e as lentilhas. Os italianos se reúnem na Piazza Navona, Fontana di Trevi, Trinitá dei Monit e Piazza del Popolo.



Estados Unidos
A mais famosa passagem de Ano Novo nos EUA é em Nova Iorque, na Time Square, onde o povo se encontra para beber, dançar, correr e gritar. Há pessoas de todas as idades e níveis sociais. Durante a contagem regressiva, uma grande maçã vai descendo no meio da praça e explode exactamente à meia-noite, jogando balas e bombons para todos os lados.



Austrália
Em Sydney, uma das mais importantes cidades australianas, três horas antes da meia-noite, há uma queima de fogos na frente da Opera House e da Golden Bridge, o principal cartão postal da cidade. Para assistir ao espectáculo, os australianos se juntam no porto. Depois, recolhem-se a suas casas para passar a virada do ano com a família e só retornam às ruas na madrugada, quando os principais destinos são os “pubs” e as praias.



França
O principal ponto é a avenida Champs-Elysées, em Paris, próximo ao Arco do Triunfo. Os franceses assistem à queima de fogos, cada um com sua garrafa de champanhe (para as crianças sumos e refrigerantes). Outros vão ver a saída do Paris-Dacar, no Trocadéro, que é marcada para a meia-noite. Outros costumam ir às festas em hotéis.



Brasil
No Rio de Janeiro, precisamente na praia de Copacabana, onde a passagem do Ano Novo reúne milhares de pessoas para verem os fogos de artifício.




Inglaterra
Grande parte dos londrinos passa a meia-noite em suas casas, com a família e amigos. Outros vão à Trafalgar Square, umas das praças mais belas da cidade, à frente do National Gallery. Lá, assistem à queima de fogos. Depois, há festas em várias sítios da cidade.



Alemanha
As pessoas reúnem-se no Portal de Brandemburgo, no centro, perto de onde ficava o Muro de Berlim. Tradicionalmente, não há fogos de artificio.



Curiosidade
Em Macau, e para todos os chineses do mundo, o maior festival do ano é o Novo Ano Chinês. Ele é comemorado entre 15 de Janeiro e 15 de Fevereiro de acordo com a primeira lua nova depois do início do Inverno. Lá é habitual limparem as casas e fazerem muita comida (Bolinhos Chineses de Ano Novo - Yau Gwok, símbolo de prosperidade). Há muitos fogos de artifício e as ruas ficam cobertas de pequenos pedaços de papel vermelho.
Cada cultura comemora seu Ano Novo. Os muçulmanos têm seu próprio calendário que se chama “Hégira”, que começou no ano 632 d.C. do nosso calendário. A passagem do Ano Novo também tem data diferente – 6 de Junho, foi quando o mensageiro Mohammad fez a sua peregrinação de despedida a Meca.
As comemorações do Ano Novo judaico, chamado “Rosh Hashanah”. É uma festa móvel no mês de Setembro (este ano foi 6 de Setembro). As festividades são para a chegada do ano 5763 e são a oportunidade para se deliciar com as tradicionais receitas judaicas: o “Chalah”, uma espécie de pão e além do pão, é costume sempre se comer peixe porque ele nada sempre para frente.
O primeiro dia do ano é dedicado à confraternização. É o Dia da Fraternidade Universal. É hora de pagar as dívidas e devolver tudo que se pediu emprestado ao longo do ano. Esse gesto reflecte a nossa necessidade de fazer um balanço da vida e de começar o ano com as contas acertadas.



Tradições Portuguesas
As pessoas valorizam muito a festa de Ano Novo, porque sentem o desejo de se renovar. Uma das nossas tradições é sair às janelas de casas batendo panelas para festejar a chegada do novo ano. Nos dias 25 de Dezembro e 1º de Janeiro, costumamos comer uma mistura feita com as sobras das ceias, que são levadas ao forno. O ingrediente principal da chamada “Roupa Velha” é o bacalhau cozido, com ovos, cebola e batatas, regados a azeite.
Para as superstições, comer 12 passas durante as 12 badaladas na virada do ano traz muita sorte, assim como subir numa cadeira com uma nota (dinheiro) em uma das mãos. Em várias zonas do litoral, há pessoas que mesmo no frio do inverno conseguem entrar na água e saudar o Ano Novo.
Fonte: www.miniweb.com.br

A verdadeira riqueza do homem é o bem que ele deseja ao próximo.


Filho e pai caminhavam por uma montanha.

De repente , o menino cai, machuca-se e grita:

Ai!Para a sua surpresa, escuta sua voz repetindo em algum lugar da Montanha:

Ai!Curioso o menino pergunta :

Quem é você?Recebe a resposta:

Quem é você?Contrariado grita:

Seu covarde!Escuta como resposta:

Seu covarde!Confuso o garoto pergunta ao pai:

O que é isso?O pai sorri e diz:

Meu filho, preste atenção.

Então, o pai grita em direção a montanha:

Eu admiro você!A voz responde:

Eu admiro você!De novo, o pai grita:

Você é um campeão!A voz responde:

Você é um campeão!O menino fica espantado, não entende, e o pai explica:

As pessoas chamam isto de eco, mas na verdade é a vida.

A vida lhe dá de volta tudo o que você fala, tudo o que você deseja de bem ou de mal para os outros.A vida lhe devolverá de volta toda inveja, incompreensão e falta de honestidade que você desejou as pessoas que o cercam.

Nossa vida é simplesmente um reflexo de nossas ações.

Se você quiser mais amor, compreensão, sucesso, harmonia e felicidade, crie mais amor, compreensão, e harmonia em seu coração. Se agir desta forma, a vida lhe dará felicidade, sucesso e o amor das pessoas que te cercam.

A verdadeira riqueza do homem é o bem que ele deseja ao próximo.

Ela está entre as "dez mais"...











Capella e seus segredos
JOSÉ ROBERTO V. COSTA
Astronomia no Zênite
O Universo é tudo para nós
No mundo das celebridades, as coisas nem sempre são o que parecem. Isso vale para as estrelas do céu também. Há quem pense que não há nada mais imutável e sereno que um céu estrelado. Nada mais enganoso.Já vimos que estrelas nascem, brilham e morrem. Algumas variam sua luz em apenas algumas semanas. Estrelas muito grandes podem explodir. E outras simplesmente derrubam a imagem de um ponto de luz solitário, revelando sistemas complexos ao olhar bisbilhoteiro de um bom telescópio.


Cabrita
Vejamos o caso de Capella, a estrela mais brilhante de Auriga, o Cocheiro. A constelação do Cocheiro representa um homem que tem na mão direita um chicote, enquanto a mão esquerda segura (em algumas ilustrações, sustenta nas costas) uma pequena cabra: é Capella, nome que significa cabrita.
Acesse uma carta celeste do Cocheiro


Na mitologia greco-romana, Capella é Amaltéa, uma ninfa filha do rei de Creta que cuidou de Júpiter quando ele ainda era bebê e se refugiava da voracidade de seu pai, Saturno, que queria devorá-lo. Segundo outra versão, Capella é a própria cabra que amamentou Júpiter naquela ocasião.A estrela Capella fica a cerca de 42 anos luz de distância. O Sol fica a 8 minutos-luz de nós, mas Capella é 150 vezes mais brilhante que o Sol.

Ela está entre as “Dez Mais” do céu, figurando na sexta posição no ranking das mais brilhantes.Facilmente visível a olho nu entre as constelações de Touros e Gêmeos, o pontinho de luz de Capella parece querer dizer que vemos apenas um astro. Mas é apenas um disfarce.Capella é uma componente de um sistema formado por duas estrelas gigantes e amarelas, com massas 2,6 e 2,7 vezes a massa do Sol (uma delas é 9 vezes maior que o Sol e a outra é 12 vezes maior). Elas se movem uma em torno da outra a meros 113 milhões de km (menos que a distância da Terra ao Sol).
Dados referentes a estrela principal do sistema, Capella A.
O olhar insaciável dos astrônomos (um tipo de repórter dos palcos celestes que usa telescópios em vez de microfones) revelou que ambas percorrem uma órbita quase circular – que por sua vez é o centro de um outro binário: duas pequenas estrelas do tipo anã vermelha, muito distantes do par principal.
As binárias amarelas Capella, em foto doCambridge Optical Aperture Synthesis TelescopeU.A. = Unidade Astronômica.
Família numerosa

Ou seja, Capella é um sistema estelar múltiplo. Como tantas celebridades, é um caso complicado. Você poderia pensar que são como dois casais, dois adultos e duas crianças bailando num imenso salão. As crianças de mãos dadas dando longas voltas em torno dos adultos, que também dançam de mãos dadas. Uma família feliz...Mas isso é só “fachada”. Se imaginarmos um modelo em escala reduzida desse sistema, Capella A e Capella B (os adultos) seriam como duas bolas de 33 cm e 18 cm de diâmetro a 3 metros uma da outra. Já as anãs vermelhas C e D (as crianças) teriam apenas 1,8 cm de diâmetro cada, mas estariam afastadas entre si por 125 metros, e distantes nada menos que 33,5 quilômetros de Capella A e B.Mas não pára por aí. Os astrônomos conhecem outros “filhos” de Capella. Mais 5 estrelas aprisionadas pela gravidade do par principal. Talvez existam outras. Outro fato curioso: os cálculos sugerem uma zona habitável em torno de Capella A e B (também chamadas Capella Aa e Ab).
Veja uma animação interativa em Java™ mostrando as órbitas de Capella Aa e Ab
Outra animação, mostrando agora as órbitas das anãs C e D
Créditos: Center for Astrophysics and Space Astronomy da Universidade do Colorado

Quantos segredos essa celebridade celestial ainda está por nos revelar?

Realmente, as coisas nem sempre são o que parecem. No Universo, elas são ainda mais belas e intrigantes.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

sábado, 25 de dezembro de 2010

Nasce Jesus, fonte de luz!


NASCE JESUS
Robert Hawkey Moreton(1844-1977) Robert Lowry(1826-1899)


Ora, havia naquela mesma região pastores que estavam no campo, e guardavam durante as vigílias da noite o seu rebanho. E um anjo do Senhor apareceu-lhes, e a glória do Senhor os cercou de resplendor; pelo que se encheram de grande temor. O anjo, porém, lhes disse: Não temais, porquanto vos trago novas de grande alegria que o será para todo o povo: É que vos nasceu hoje, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: Achareis um menino envolto em faixas, e deitado em uma manjedoura. Então, de repente, apareceu junto ao anjo grande multidão da milícia celestial, louvando a Deus e dizendo:
Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens de boa vontade.
Lucas 2:8-14



Hino

1. Nasce Jesus, fonte de luz!
Descem os anjos cantando.
Nasce Jesus, é nossa luz,
Trevas vem, pois, dissipando.
Nasce Jesus, fonte de luz!
Oh! glória a Deus nas alturas!
Vede a redenção raiar, Cristo ao mundo vem!
Se, pois, bem-vindo! Firma Teu justo império!
Honras e glórias, anjos e homens deem!


CORO:

Nasce Jesus fonte de luz!
Oh! glória a Deus nas alturas!
Paz na Terra, aos homens
A quem quer Ele bem.


2. Deus nos amou, Deus nos mandou
Cristo, Seu Filho querido.
Deus nos amou, Deus encarnou.
Vede o Menino nascido!
Deus nos amou! Deus nos salvou!
Digam-no todos os povos;
Podem salvação fruir, todos os que creem!
Reino bendito! Reino do amor divino!
Eis que resgate, todos, por Cristo, têm!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

DAS UTOPIAS










DAS UTOPIAS


Se as coisas são inatingíveis... ora!

Não é motivo para não querê-las...

Que tristes os caminhos se não fora

A mágica presença das estrelas!


(Mario Quintana - Espelho Mágico )

Muito amor e paz para vocês!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Bênçãos do verdadeiro Natal.


"Quando alguém te diz: “QUE DEUS TE ABENÇOE” não está só desejando o melhor para você, mas também atuando a seu favor. Pois quando bendizes a alguém, também estás atraindo a proteção de Deus para você.O efeito de abençoar é multiplicador, já que é dado por Deus a seus filhos. "

“Quase todas as vezes que vinha me visitar, meu avô me trazia um presente. Eles não eram do tipo que as outras pessoas costumavam trazer: bonecas, livros, bichinhos de pelúcia. Minhas bonecas e meus bichos de pelúcia já desapareceram há mais de meio século, mas muitos dos presentes do meu avô ainda estão comigo.
Uma vez ele trouxe um pequeno copo de papel. Olhei lá dentro esperando encontrar algo especial. Estava cheio de terra. Eu não tinha permissão para brincar com terra. Desapontada, expliquei isso a ele. Meu avô sorriu com ternura. Depois pegou um pequenino bule de chá do meu brinquedo, levou-me até a cozinha e encheu-o de água. De volta ao meu quarto, colocou o copo com terra no peitoril da janela e me entregou o bule.
--- Se você prometer que vai colocar água no copo todos os dias, alguma coisa pode acontecer, me disse ele.
Naquela época eu tinha quatro anos e meu quarto ficava no sexto andar de um edifício em Manhattan. Nada daquilo fez o menor sentido para mim. Olhei para ele com desconfiança.
--- Todos os dias, Neshumele, ele repetiu.
E eu prometi. No início, curiosa para ver o que acontecia, cumpri a tarefa sem problemas. Mas, à medida que os dias foram passando e nenhum resultado se apresentava, ficou cada vez mais difícil lembrar-me de colocar água no copo. Após uma semana, perguntei ao meu avô se já era hora de parar. Balançando a cabeça, ele disse:
--- Todos os dias, Neshumele.
A segunda semana foi pior, e comecei a me arrepender de ter feito aquela promessa. Quando meu avô apareceu outra vez, tentei devolver-lhe o presente, mas ele se recusou a aceitar, dizendo apenas:
--- Todos os dias, Neshumele.
Na terceira semana, comecei a esquecer de colocar água no copo. Geralmente, só me lembrava depois de já estar deitada e, assim, era obrigada a levantar e cumprir a tarefa no escuro. Mas, não deixei de cumpri-la uma única vez. Até que, numa manhã, surgiram duas minúsculas folhas verdes que não estavam lá na noite anterior.
Fiquei perplexa. Dia após dia, elas iam ficando maiores. Mal podia esperar para contar para meu avô, certa de que ele também ficaria surpreso. Mas ele, é claro, não ficou. Com todo cuidado, vovô me explicou que a vida está em toda parte, escondida nos lugares mais simples e inesperados (grifo meu). Isso me deixou encantada.
-- E, só precisa de água, vovô? --- indaguei.
Delicadamente, ele tocou o alto de minha cabeça.
--- Não, Neshumele, --- respondeu meu avô. --- só precisa de sua lealdade.

Autoria: Rachel Naomi Menem



"Só somos capazes de abençoar o outro quando também nos sentimos abençoados.


Abençoar a vida é muito mais celebrá-la do que procurar endireitá-la.


Para isso é preciso valorizar a vida como ela é e aceitar aquilo que não podemos compreender. É preciso desenvolver a capacidade de reconhecer e usufruir a alegria.


Não é a nossa crítica nem nossa raiva que nos permitem seguir em frente e promover mudanças.


O mais importante é reconhecer que não estamos sozinhos na tarefa de reconstruir o mundo."




Natal é o nascimento de Jesus Cristo em nossos corações!
E que Ele nos abençoe hoje e sempre.
Beijos e Feliz Natal!

Cartão de Natal




Cartão de Natal ( Frei Betto)




"Feliz Natal a quem não planta corvos nas janelas da alma, nem embebe o coração de cicuta e ousa sair pelas ruas a transpirar bom-humor.


Feliz Natal a quem cultiva ninhos de pássaros no beiral da utopia e coleciona no espírito as aquarelas do arco-íris. E a todos que trafegam pelas vias interiores e não temem as curvas abissais da oração.


Feliz Natal aos que reverenciam o silêncio como matéria-prima do amor e arrancam das cordas da dor melódicas esperanças. Também aos que se recostam em leitos de hortênsias e bordam, com os delicados fios dos sentimentos, alfombras de ternura.


Feliz Natal aos que trazem às costas aljavas repletas de relâmpagos, aspiram o perfume da rosa-dos-ventos e levam no peito a saudade do futuro. Também aos que semeiam indignações, mergulham todas as manhãs nas fontes da verdade e, no labirinto da vida, identificam a porta que os sentidos não veem e a razão não alcança.


Feliz Natal a todos que dançam embalados pelos próprios sonhos e nunca dizem sim às artimanhas do desejo. Aos que ignoram o alfabeto da vingança e jamais pisam na armadilha do desamor, pois sabem que o ódio destrói primeiro a quem odeia.


Feliz Natal a quem acorda, todas as manhãs, a criança adormecida em si e, moleque, sai pelas esquinas quebrando convenções que só obrigam a quem carece de convicções. E aos artífices da alegria que, no calor da dúvida, dão linha à manivela da fé.


Feliz Natal a quem recolhe cacos de mágoas pelas ruas a fim de atirá-los no lixo do olvido e guardam recatados os seus olhos no recanto da sobriedade. A quem resguarda-se em câmaras secretas para reaprender a gostar de si e, diante do espelho, descobre-se belo na face do próximo.


Feliz Natal a todos que pulam corda com a linha do horizonte e riem à sobeja dos que apregoam o fim da história. E aos que suprimem a letra erre do verbo armar e se recusam a ser reféns do pessimismo.


Feliz Natal aos que fazem do estrume adubo de seu canteiro de lírios. Também aos poetas sem poemas, aos músicos sem melodias, aos pintores sem cores e aos escritores sem palavras. E a todos que jamais encontraram a pessoa a quem declarar todo o amor que os fecunda em gravidez inefável.


Feliz Natal aos ébrios de transcendência e aos filhos da misericórdia que dormem acobertados pela compaixão..."

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...