SEJA BEM-VINDO!

A ARTE RENOVA O OLHAR!

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Simon And Garfunkel - Scarborough Fair (with lyrics)

"Jamais acredite que alguém possa voltar quando nunca esteve presente!"


QUE CRISTO RENASÇA EM NOSSOS CORAÇÕES!




FELIZ NATAL!
QUE CRISTO RENASÇA EM NOSSOS CORAÇÕES!


Descrição do amor - Bráulio Bessa

"Amar é ser consciente

da nossa própria loucura,
é quando a gente se junta
formando uma só mistura, 
de igualdade e diferença. 
Se o amor fosse doença
seria dessas sem cura…"

Prazeres simples -Bráulio Bessa



“Uma carta escrita à mão

achar dinheiro no bolso

cochilo depois do almoço…

curtir um feriadão

ter bicho estimação

ser grato e compreender…

Um dia vamos morrer

e sentir na despedida

que as coisas simples da vida

nos dão forças pra viver.”

Designer de bijuterias Adriana Gentil apresentou coleção baseada nas obras de Miró já faz tempo, mas nós fãs deste gênio a homenageamos por sua criatividade




A Mostra de Bijuterias idealizada pela designer Adriana Gentil foi considerada um grande sucesso.

O ponto máximo da exposição: a releitura das obras do pintor espanhol Joan Miró.

As figuras modernistas das obras O Jardim, Maternidade e o Mural para Joaquim Gomes, serviram de inspiração para os cordões coloridos daquela coleção.


Somos fãs do seu trabalho e das obras de Miró, por isto a homenageamos.

Parabéns com louvor!

Reinauguração do Auditório Simón Bolívar 15/12/2017 às 19h e 30min


Nova sala prioriza segurança, mobilidade, conforto e acessibilidade
Recuperação custou R$ 42 milhões
Tapeçaria de Tomie Ohtake, re-execução 2017

No mesmo palco em que fez seu concerto de estreia, em 1990, a Orquestra Jazz Sinfônica será a principal atração da festa de reinauguração do Auditório Simón Bolívar, do Memorial da América Latina e Governo do Estado, nesta sexta-feira, 15 de dezembro de 2017, às 19h30.

A programação começa no foyer do auditório com apresentação de mariachis mexicanos, cuecas chilenas, dançarinos de tango da Argentina e da harpista paraguaia Lucero Ovelar.

O novo auditório multiuso que a Fundação Memorial da América Latina e o Governo do Estado devolvem ao cenário cultural/artístico de São Paulo mantém, fielmente, o projeto original de Niemeyer. São 1.788 lugares, divididos entre plateia A e B.

Resgatar esse espaço, com mais de 6 mil m² de área total, no menor prazo de tempo possível exigiu muita dedicação e empenho de todos os servidores do Memorial. “O desafio diário – lembra Irineu Ferraz, atual presidente da Fundação – era o de encontrar soluções para problemas ainda inusitados em se tratando de um patrimônio público que ao mesmo tempo é considerado uma obra de arte”.

Todo o projeto foi pautado tendo como prioridade os quesitos de segurança, acessibilidade, atendimento, ambiente, conforto e visibilidade. “Tudo, absolutamente tudo, foi feito pensando no bem-estar do expectador.

Tudo aqui – cortinas, poltronas, carpetes, revestimentos, inclusive a tapeçaria de Tomie Ohtake -, é feito com material de combate a incêndio. Instalamos modernos sistemas de hidrantes e ar-condicionado, com sprinklers e detectores de fumaça em todo o ambiente, mais saídas de emergência, piso tátil, rampas e elevadores para pessoas com deficiência. Também modernizamos os sistemas de iluminação, de som e de acústica que, agora, nada fica a dever para as melhores salas do mundo”.


Imagem: Patrícia Lino

A festa continua no sábado, 16, para o público em geral com apresentação de Vera Fischer do show “Jazz & Divas – Homenagem a Elza Soares”. No palco, com a Orquestra Jazz Sinfônica , desfilam Baby do Brasil, Paula Lima, Lineker, Rosana, Vania Bastos, Sandra de Sá, As Bahias e a Cozinha Mineira. Os ingressos estão a venda pelo site www.totalplayer.com.br e, a partir do dia 12, também na bilheteria do Memorial.

Obras de Arte – A Tapeçaria de Tomie Ohtake, totalmente reconstruída numa peça única de 840m², retoma seu lugar de honra na parede lateral entre as plateias A e B. A empresa paulistana Punto e Filo, da família Pisaneschi, doou a mão-de-obra de seus funcionários. A matéria-prima foi cedida pela Invista, referência no mercado mundial de fios. O processo de reconstrução, a partir do croqui original da artista, foi supervisionado pelo casal de artesãos Jorge e Vera Nomiya, do Instituto Tomie Ohtake. No foyer, outras duas obras danificadas no incêndio também estão em seus lugares: a “Pomba”, escultura de Alfredo Ceschiatti que fica no alto da rampa de entrada do auditório, e o mural “Agora”, de Victor Arruda. Ambas recuperadas pelo restaurador profissional Cézar Olanim, do Vale do Paraíba.

Serviço

Reinauguração do Auditório Simón Bolívar
Data: 15 de dezembro de 2017
Horário:19h30
Evento para convidados

Entrega ao público do Auditório Simón Bolívar
Show “Jazz & Divas – Homenagem a Elza Soares”
Data: 16 de dezembro de 2017
Horário: 21h
Ingressos: www.totalplayer.com.br | bilheteria física do Memorial
Classificação: 14 anos
Evento: https://goo.gl/bMMDEf

Pensamento do dia: tiveram força para vencer, pois confiaram no Senhor!



"...e os homens de Judá tiveram força para vencer, pois confiaram no Senhor, 

o Deus dos seus antepassados."

II Crônicas 13.18


DEUS CONOSCO SEMPRE!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...